Resgatar a diversidade, a originalidade e a beleza cultural afro-brasileira. Sob esse mote, o coletivo mineiro Roots Ativa, em parceria com o projeto Preta Linda Sou, promove, no sábado (17), o SerrAfrika. O evento levará ao Centro Cultural Vila Fátima, a partir das 9h, uma programação variada, com shows, oficinas, rodas de conversa, exposições, além de feira e Desfile de Moda Afrodo Instituto Cultural Congo Nya, de São Sebastião (DF).

A ação tem como objetivo provocar a reflexão sobre temas como racismo e gênero na sociedade atual. De acordo com o último Atlas da Violência, a taxa de homicídios entre a população negra subiu de 31,7 para 37,5 por 100 mil habitantes, somente entre 2004 e 2014. “Em pleno século XXI, ainda temos que conviver com preconceitos de gênero e com o preconceito racial.É preciso debater a questão para gerar consciência e promover o empoderamento”, analisa Thiago Lopes, integrante do coletivo Roots Ativa.

A entrada é franca, mediante doação de um quilo de alimento não perecível. As atividades têm início com a abertura da feira com saborosas comidinhas e da exposição “Imagens da quebrada – Identidade, Memória e resistência do Aglomerado da Serra”. A mostra apresenta obras da fotógrafa Simone Moura, com registros da comunidade. Na sequência, será realizada a oficina de Malabares com a Trupe Gaia.

A partir das 10h, ocorre o Papo de Preta, uma roda de conversa que contará com a presença de Margot Ribeiro (Congo Nya), Simone Moura, Milena Badu, Alice Kinast e Hérlen Romão, Pabliene Santana. Às 12h, é a vez de Sherwin Morris (DF), presidente do Instituto Congo Nya, debater A Importância do Pan Africanismo para o Avanço da Comunidade Negra.

Para celebrar a beleza afrobrasileira, às 16h, ocorre o Desfile de Moda Afro – “Acenda sua chama Tanzânia”. A ação é uma parceria entre o projeto Preta Linda Sou e o Instituto Cultural Congo Nya, convidado especial para a ocasião. O desfile foi realizado em 19 de novembro, em Brasília, e contará com uma versão exclusiva para o evento mineiro. Com peças exclusivas Black Style, a coleção busca inspiração nas cores e elementos africanos, utilizando estampas e tecidos importados de países como a Tanzânia.

Na área musical, às 14h, o Hip Hop em Ação apresentará a Batalha de dança nos estilos: Seven 2, Smoke de Break e Seven 2, Smoke de All Style. Já a partir das 18h, será dada a largada para as apresentações culturais. Lucas Rasta(com participação especial Leo Trovão), Kainná Tawá e Tambor de Criola Rosa de São Benedito com Paulo Lobato são as atrações.

Serviço:
SERRAFRIKA – Evento de Valorização da Cultura Afro Brasileira
Data: 17 de dezembro, das 9 as 21h
Local: Centro Cultural Vila Fátima
Rua São Miguel Arcanjo, 215 – Belo Horizonte (31) 3277-8193
ENTRADA FRANCA, mediante doação de 1 kg de alimento não perecível.