[huge_it_slider id="4"]

A Prefeitura de Belo Horizonte lançou nesta terça-feira (28) a programação comemorativa dos 120 anos da cidade. Entre 1º e 12 de dezembro, a capital mineira vai estar em festa. São mais de 170 eventos, dentre shows na Praça da Estação com as bandas Sepultura e Skank e apresentação do Grupo Galpão, no Parque Municipal.

Os centros culturais espalhados pelas regionais também vão receber várias atividades. Para comemorar os 120 da capital mineira, também estão programadas visitas guiadas, de graça, a pontos turísticos. De acordo com a prefeitura, foram investidos R$ 1 milhão nas festividades.

A descentralização dos eventos é, conforme a diretora de promoção das artes da Secretaria Municipal de Cultura, Aline Vila Real, uma forma de divulgar e incentivar as produções culturais da periferia e de bairros pouco conhecidos.

“Estamos construindo um pensamento de reconhecer e potencializar as manifestações artísticas e culturais existentes na cidade. Não vamos só trabalhar com artistas que têm carreira sólida, mas com o pensamento de circuito municipal de cultura com atores que já promovem o aspecto nas regionais”, destaca.

Para isso, todos os 17 centros culturais de Belo Horizonte, espalhados por regiões como São Bernardo, Aglomerado da Serra, Alto Vera Cruz e Salgado Filho, terão tanto apresentações de artistas locais quanto de grupos consolidados.

O Teatro Giramundo de Bonecos, a banda Graveola e o rapper Flávio Renegado se apresentarão nos locais, que também terão rodas de samba, blocos de Carnaval, espetáculos de dança e grupos de contação de histórias.

A Praça da Estação será palco de shows de conhecidas bandas belo-horizontinas de diversos estilos musicais, como o pop rock do Skank e o metal do Sepultura. Além disso, artistas da cidade convidarão músicos de fora para animar a festa. Mart’nália, Otto, BNegão e Pereira da Viola são algumas das atrações que agitarão os 12 dias de festa.

A programação também traz a eleição da Corte Real Momesca do Carnaval, desfile de blocos de rua e iniciativas clássicas e autônomas do Baixo Centro, como o Duelo de MCs e a Gaymada.

No dia 12, o tradicional parabéns vem acompanhado de bolo: serão distribuídos 20 mil pedaços para celebrar o aniversário da capital. Como presente, durante as festividades, a prefeitura promete a entrega de 100% dos leitos do Hospital Metropolitano Célio de Castro, o Hospital do Barreiro.

Nova marca

A comemoração inaugura uma nova marca turística e comercial para a cidade. O slogan “Belo Horizonte: surpreendente” é a proposta da PBH para valorizar a cultura do município. O diretor de marketing e promoção turística da Belotur, Marcos Barreto, lembra que muitos turistas se encantam quando conhecem a capital.

“Boa parte das pessoas diz que não esperava chegar aqui e encontrar atrações tão bonitas e divertidas. Temos que nos valorizar. Não temos somente um bom Carnaval, mas um dos maiores do país. Não temos só bons bares, somos a capital dos bares. Não temos algumas obras de Niemeyer, mas um conjunto arquitetônico inteiro projetado por ele e que é Patrimônio Cultural da Humanidade”, ressalta Barreto.

Veja a programação comemorativa dos 120 anos de Belo Horizonte.