Reaberto ao público oficialmente na terça, dia 26, pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC), o MIS – Cine Santa Tereza (Rua Estrela do Sul, 89, bairro Santa Tereza) exibe até o dia 24 de maio a “Mostra Minas e o Cinema”, com exibições de filmes de diretores mineiros de destaque no cinema nacional, além de palestras e debates sobre o cinema mineiro. As atividades acontecem diariamente, de terça a domingo, e têm entrada gratuita.

Com curadoria de Geraldo Veloso, Victor de Almeida e Lourenço Veloso, do Centro de Estudos Cinematográficos de Minas Gerais, a “Mostra Minas e o Cinema” oferece ao público uma perspectiva histórica da produção de diretores mineiros, com obras de grande relevância estética, histórica e política no cenário audiovisual de Minas Gerais. Na programação estão obras de pioneiros do cinema mineiro como Igino Bonfioli, Humberto Mauro e Geraldo Santos Pereira, incluindo nomes expressivos deste universo como Cao Guimarães, Helvécio Ratton, Rafael Conde e Fábio Carvalho, até o cinema que se faz atualmente em Minas, marcado por produções de André Novais, Affonso Uchôa, Marília Rocha, Clarice Campolina e Guilherme Fiúza, entre outros.

Um dos destaques da Mostra é a exibição do longa metragem “A Frente Fria que a Chuva Traz”, com a presença do diretor belo-horizontino Neville D’Almeida, um dos nomes mais importantes do cinema brasileiro. O filme teve pré-estreia na abertura do MIS – Cine Santa Tereza e será exibido novamente no dia 6 de maio, às 19h30. Após a sessão, Neville D’ Almeida participa de um bate-papo com o público sobre o longa. Rodado na favela do Vidigal, o filme é uma adaptação da peça de teatro homônima do dramaturgo Mário Bortolotto, escrita há treze anos, que narra a história de jovens ricos que promovem festas regadas a álcool e drogas em favelas, territórios há tempos fetichizados pela elite.

Outra ação de destaque é a sessão de curtas metragens da produtora Filmes de Plástico, que acontece no dia 3 de maio, a partir das 19h. A produtora vem ganhando destaque com seus filmes em diversas mostras no Brasil e exterior. A sessão do MIS – Cine Santa Tereza terá a exibição de 7 curtas metragens e contará com a presença dos diretores André Novais, Gabriel Martins e do produtor Thiago Macêdo.

Além das exibições de filmes, a Mostra também terá espaço para debates e palestras sobre o cinema mineiro. Ao longo do mês de maio serão vários encontros com a presença de diretores e pesquisadores da área. Entre estas ações está a mesa redonda “Minas e o cinema ontem e hoje” (dia 17, às 19h), que promoverá um debate sobre a produção mineira com a presença do cineasta e crítico Geraldo Veloso e do jornalista e crítico de cinema Marcelo Miranda.

O MIS – Cine Santa Tereza

Após ter seu imóvel histórico revitalizado, o MIS – Cine Santa Tereza surge para suprir uma demanda de moradores do bairro, da cidade e do setor cultural, por espaços de difusão, circulação e criação artística, especialmente daquela vinculada a linguagem audiovisual. O espaço está vinculado ao Museu da Imagem e do Som (MIS), também equipamento cultural da Fundação Municipal de Cultura, dedicado à salvaguarda e à preservação do patrimônio audiovisual de Belo Horizonte.

Além da sala de exibição, o espaço contará com uma biblioteca pública que, integrada à rede de bibliotecas da FMC, oferecerá acesso a diversos materiais de leitura, orientação a usuários e atividades para formação de leitores e um acervo especial sobre cinema e audiovisual. O local também será lugar privilegiado para ações de formação contínuas, que serão realizadas em seu espaço multiuso, através de exposições, oficinas, palestras, e, especialmente, de muitos encontros em torno da sétima arte.

Confira a programação da mostra:

01|05, domingo

17h – O Grande Mentecapto
Oswaldo Caldeira | RJ | 1989 | Comédia | Cor | 104 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

19h – Os Residentes
Thiago Mata Machado | MG | 2010 | Ficção | Cor | 120 min.
Classificação Indicativa: 18 anos

04|05, quarta-feira

19h – Diálogos com Isabel Lacerda, Gilberto Scarpa
Guignard Imaginário
Isabel Lacerda | MG | 2014 | Documentário ficcional | Cor | 26 min.
Classificação Indicativa: livre

19h – Os Filmes Que Não Fiz
G. Scarpa | MG | 2008 | Comédia | Cor | 16 min.
Classificação Indicativa: livre

05|05, quinta-feira

19h  – Acácio
Marília Rocha | Brasil |2008 | Documentário | Cor e P&B | 88 min.
Classificação Indicativa: livre

06|05, sexta-feira

19h30 – A frente fria que a chuva traz
Neville D’ Almeida | RJ | 2015 | Ficção | Cor | 80 min.
Classificação Indicativa: 18 anos

07|05, sábado

17h  – A vida provisória
Maurício Gomes Leite | RJ | 1969 | Drama | P&B | 80 min.
Classificação Indicativa: 16 anos
19h  – Orestes
Rodrigo Siqueira | SP | 2015 | Documentário ficcional | Cor | 93 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

08|05, domingo

15h  – O Menino Maluquinho
Helvécio Ratton | RJ | 1995 |Drama | Cor | 91 min.
Classificação Indicativa: livre

17h – Família
Guilherme Reis | MG | 2013 | Ficção | Cor | 85 min.
Classificação Indicativa: 16 anos

19h – A Vizinhança do Tigre
Affonso Uchôa | MG | 2014 | Drama Social | Cor | 94 min.
Classificação Indicativa: 16 anos

10|05, terça-feira

19h – O Céu Sobre os Ombros
Sérgio Borges | MG | 2010 | Documentário-Ficção | Cor | 71 min.
Classificação Indicativa: 16 anos

11|05, quarta-feira

18h30 – Idolatrada
Paulo Augusto Gomes | MG | 1982 | Drama | Cor | 90 min.
Classificação Indicativa: 16 anos

20h – Palestra: A cultura cinematográfica em Belas Artes (EBA/UFMG) e técnica em artes visuais do Museu da Imagem e do Som de Belo Horizonte (MIS/FMC).

12|05, quinta-feira

19h – O Homem das Multidões – Sessão comentada com Cao Guimarães
Cao Guimarães, Marcelo Gomes | MG | 2013 | Ficção | Cor | 95 min.
Classificação Indicativa: 14 anos

13|05, sexta-feira

19h  – Confronto Final
Alonso Gonçalves | MG | 2008 | Drama | Cor | 87 min.
Classificação Indicativa: 16 anos

14|05, sábado

17h – 5 Frações de uma Quase História
A. Mendz, C. Abud, Cris Azzi, G. Fiúza, L. Gontijo e T. Bahia | MG | 2007 | Drama | Cor | 96 min.
Classificação Indicativa: 16 anos

19h  – Tostão, a Fera de Ouro
R. G. Leite e P. Laender | SP | 1976 | Documentário | Cor | 80 min.
Classificação indicativa: livre

17|05, terça-feira

19h – Mesa Redonda: Minas e o cinema ontem e hoje. Com o cineasta e crítico Geraldo Veloso e o jornalista e crítico de cinema Marcelo Miranda. Mediação Siomara Faria, jornalista e mestre em Comunicação Social (UFMG) e coordenadora do Museu da Imagem e do Som de Belo Horizonte (MIS/FMC).

18|05, quarta-feira

18h30  – Jimi Hendrix e a Fonoaudióloga
Fábio Carvalho | MG | 2013 |Ficção | Cor | 70 min.
Classificação Indicativa: livre

20h  – Resíduos da memória
Jefferson Assunção | MG | 2014 | Ficção | Cor | 62 min.
Classificação Indicativa: 14 anos

19|05, quinta-feira

19h  – Girimunho
C. Campolina, Helvécio M. Jr. | MG | 2011 | Ficção | Cor | 90 min.
Classificação Indicativa: livre

20|05, sexta-feira

19h – Minas Texas
Charles Stone (Carlos P. Correia) | RJ | 1990 | Drama | Cor | 75 min.
Classificação Indicativa: 18 anos

21|05, sábado

17h  – Rebelião em Vila Rica
Geraldo Santos Pereira | SP | 1958 | Drama | Cor | 96 min.
Classificação Indicativa: 12 anos

19h  – O Homem do Corpo Fechado
Schubert Magalhães | MG | 1972 | Drama | Cor | 91 min.
Classificação Indicativa: 18 anos

22|05, domingo

17h – O menino no espelho
Guilherme Fiuza Zenha | MG | 2013| Ficção | Cor | 74 min.
Classificação Indicativa: livre

19h  – A Caminhada
Luiz C. do Amaral | MG | 2015 | Documentário | Cor | 75 min.
Classificação Indicativa: 10 anos

24/05, terça

19h – Canção da Primavera – Sessão comentada com José Ricardo Miranda Júnior, mestre e doutor em Belas Artes, (EBA/UFMG) sobre restauro de obras audiovisuais.
Igino Bonfiolli | MG | 1923 | Drama | P&B | 90 min.
Classificação Indicativa: 14 anos