Especialista comenta as principais atitudes que devem ser evitadas durante períodos de recessão econômica

Fidelizar clientes é um dos principais objetivos de qualquer empresa. Porém, em época de crise e isolamento social, essa tarefa se torna mais difícil do que em tempos normais. Para alguns, esse período pode parecer desesperador, mas, na realidade, ao estabelecer algumas atitudes e objetivos, tal exercício pode ser um pouco menos desafiador do que parece.

Esdras Araújo, especialista em Marketing de Vendas e Neuromarketing, comenta que um dos principais erros nesse momento é achar que nada mais pode ser feito para manter o público fiel. “É um equívoco achar que as pessoas vão cancelar o contrato com você apenas para evitar gastos. Isso pode até ter um fundo de verdade, mas, por outro lado, é preciso lembrar que as pessoas só deixam de consumir aquilo que não possui valor sentimental”, comenta.

É por isso que fidelizar um público é o grande desafio e a maior vantagem de qualquer negócio. “Se o seu cliente consegue enxergar valor além do financeiro, ele jamais vai apagar sua marca da mente dele, mesmo ele não perceba tal conexão”, garante.

Outro erro comum é acreditar que quem deve se adaptar é o cliente ao invés do próprio negócio. “O cliente deve considerar o seu produto essencial. Em época de crise, todos precisam reduzir gastos e readaptar alguns hábitos. Então, se o seu cliente achar o produto supérfluo, ele vai imediatamente optar por outra opção mais em conta. E ele não está errado. É por isso que você deve mostrar o valor do seu produto além da questão financeira. E, caso seja possível, busque também outros tipos de produtos e soluções que caibam na vida do seu público-alvo nesse momento”, explica.

Como fidelizar seu cliente na crise?

Para ajudar nessa missão, Esdras separou os principais passos para fidelizar o cliente durante a crise. Confira:

1 – Invista em atendimento: pesquisas mostram que a maioria das pessoas valorizam mais o atendimento do que o produto ou serviço em si. Então, qualifique a sua equipe frequentemente.⠀

2 – Use e abuse da tecnologia: utilize ferramentas para coletar as informações sobre o seu público e desenvolver campanhas e outras atividades voltadas para a sua clientela.⠀

3 – Ações de fidelização são sempre uma boa escolha: cartão fidelidade, programas de pontuação, desconto para seguidores funcionam super bem quando o assunto é fidelização.⠀

4 – Invista em marketing: tempos de crise exigem ações mais fortes e direcionadas para que a sua marca não se perca no meio de tantas outras competindo por um espaço.

5 – Valorize o cliente: toda a sua equipe precisa entender que o consumidor deve ser a prioridade⠀

Fonte: Esdras Araújo, formado em Direito, com técnico em administração de empresas e empreendedorismo pelo Sebrae-MG. Especializado em Neuromarketing, bem como em Marketing pela USP; Finanças, Investimentos e Banking pela PUC Rio Grande do Sul, MBA em Vendas, Negociação e Resultados de Alta Performance pela PUC do Rio Grande do Sul, e Direito Tributário.