HSBC Private Bank na Suíça adota os serviços de risco de multiativos da Bloomberg antecipando exigências de margem mais rígidas para derivados de OTC em várias jurisdições reguladoras

 

A Bloomberg anunciou hoje que o HSBC Private Bank e mais de doze empresas e instituições financeiras adotaram a solução de gerenciamento de garantias e reconciliação de risco de multiativos (MARS) da Bloomberg. A nova tecnologia ajudará as empresas a cumprir os novos requisitos de margem de variação para derivativos de balcão (OTC) não compensados centralmente.

A partir de março, os participantes no mercado de US$ 200 trilhões (USD) para derivativos OTC não compensados centralmente terão de aderir a requisitos mais rigorosos impostos por jurisdições globais. Essas regras visam reduzir o risco sistêmico, mas apresentam desafios operacionais dispendiosos para os investidores que precisarão calcular e lançar margens iniciais e de variação para todas as operações não compensadas, classificar as garantias habilitadas para lançamento e lidar com um aumento nos valores de cobertura e cálculos diários.

O Bloomberg MARS Collateral Management faz parte de uma solução abrangente que ajuda bancos, empresas de investimento e corporações a facilitar o processo de adesão a estas novas exigências de gestão e reconciliação de garantias.

“É um negócio imperativo para vender esses tipos de instrumentos, para o cumprimento também se torne um imperativo de negócios”, disse Kpate Adjaoute, diretor administrativo do HSBC Private Bank (Suisse) SA. “Nós previmos que essas reformas iriam acontecer. Elas ajudam a centralizar o processo e a ter acesso aos dados de que precisamos, bem como às contrapartes com quem negociamos”.

A Bloomberg está ajudando as empresas a valorizar derivativos complexos, gerenciar contratos de garantia, calcular requisitos de margem, enviar valores de cobertura para contrapartes, reconciliar negociações e reservar garantias para seu portfólio. Reunir essas capacidades e conectar clientes a outros participantes no mercado melhoram o fluxo de trabalho de uma empresa e diminuem o fardo operacional e de conformidade envolvido no funcionamento dos mercados de derivativos OTC não compensados centralmente.

“Os desafios que os investidores enfrentam no mercado de derivativos OTC não podem ser resolvidos apenas com software”, disse Phil McCabe, Gerente de Produto Global para Gerenciamento de Garantias da Bloomberg. “A Bloomberg fornece os dados e as análises para calcular e reconciliar os requisitos de margem. Vamos mais longe, conectando uma rede global de empresas e firmas de investimento, grandes e pequenas, para unificar o que pode ser um processo muito laborioso, arriscado e disperso”.

O Bloomberg MARS Collateral Management permite aos clientes centralizar seu fluxo de trabalho de gerenciamento de garantias e automatizar como eles gerenciam e monitoram posições de garantia e exposição de risco. Ele fornece suporte entre produtos e entre ativos para cumprimento da Dodd-Frank e EMIR, coleta efetiva de documentação legal, mensagens automatizadas, análise de risco e reconciliações de portfólio.

Para complementar sua solução de risco de multiativos, conhecida como MARS, a Bloomberg licenciou o Modelo Padrão de Margem Inicial do ISDA, ou SIMM, para calcular a margem inicial para ajudar as mesas de negociação e gerentes de garantias a calcular a quantidade de garantia que precisa ser lançada. A Bloomberg também fornece um produto de licença de dados e um recurso de busca no Bloomberg Terminal {COLT<GO>}, que ajuda os investidores a identificar as garantias que podem ser lançadas em diferentes jurisdições. A Bloomberg também fornece serviços de verificação de agregação e elegibilidade para acordos de recompra bilaterais e tripartidos.

Em junho de 2016, a Chartis Research reconheceu a solução abrangente de gerenciamento de garantias da Bloomberg em seu relatório Enterprise Collateral Management Systems for the Trading Book (Sistemas de Gerenciamento de Garantias Corporativas para a Carteira de Negociação). A Bloomberg também entrou para a lista dos 20 maiores fornecedores analisados pela Chartis em seu ranking anual RiskTech100 dos principais fornecedores de tecnologia de risco e conformidade. Hugh Stewart, diretor de pesquisa da Chartis Research, observou: “A necessidade de simplificação e automação dos processos de risco e conformidade incentivou a adoção de tecnologias baseadas em nuvem e serviços gerenciados.

O software de gerenciamento de garantias da Bloomberg, como um componente de sua solução completa estabelecida para avaliação de contas de ativos, reconciliação e liquidação, é uma das razões pelas quais a Bloomberg continua a subir em nosso ranking RiskTech100”.

Sobre a Bloomberg

A Bloomberg, a líder global de informações e notícias financeiras, dá aos tomadores de decisão influentes uma vantagem crítica, conectando-os a uma rede dinâmica de informações, pessoas e ideias. A força da empresa – o fornecimento de dados, notícias e análises por meio de tecnologia inovadora, com rapidez e precisão – está no cerne do serviço Bloomberg Professional. As soluções empresariais da Bloomberg baseiam-se na força central da empresa: aproveitar a tecnologia para permitir que os clientes acessem, integrem, distribuam e gerenciem dados e informações entre organizações de forma mais eficiente e eficaz.

Para mais informações visite www.bloomberg.com/company ou solicite uma demonstração.

Sobre a Chartis

A Chartis é a provedora líder de pesquisa e análise no mercado global de tecnologia de risco e faz parte da Incisive Media, que possui marcas líderes no mercado, como Risk and Waters Technology. O objetivo da Chartis é apoiar as empresas enquanto elas estimulam o desempenho do negócio, por meio de uma melhor gestão dos riscos, governança corporativa e conformidade, e ajudar os clientes a tomar decisões informadas de tecnologia e negócios, fornecendo uma análise aprofundada e aconselhamento prático em praticamente todos os aspectos da tecnologia de risco.

RiskTech Quadrant®, RiskTech100® e FinTech QuadrantTM são marcas registradas da Chartis Research.