[huge_it_slider id="4"]

Hugo Werner Flister, Gemólogo e Perito com 32
anos de experiência explica o passo a passo

Werner site - Copia

O que pode acontecer quando um pai de família, ou um avô, uma avó ou mesmo uma mãe de família falece e deixa diversas jóias e pedras preciosas como herança? Muitos herdeiros acreditam que basta contratar um advogado para fazer essa divisão e pronto, tudo resolvido. No entanto, nem sempre os advogados tem o conhecimento e sabem realmente como proceder no caso das partilhas judiciais que envolvam pedras preciosas e joias, por isso, o perito judicial gemólogo é tão importante. Em entrevista, Hugo Werner Flister, gemólogo e perito, explica que contar com a ajuda de um especialista é sempre fundamental nesse processo. Leia a entrevista exclusiva com o especialista e entenda como esse processo funciona.

Qual é a participação do perito judicial gemólogo em partilhas judiciais?

O perito judicial gemólogo é o profissional especialista que vai com base nos conhecimentos técnicos e científicos apresentar provas técnicas através de um laudo pericial, onde o juiz poderá com base nestes dados tomar suas decisões.

Qual éa importância do perito judicial gemólogo em partilhas de bens judiciais e extrajudiciais? Como são bens pessoais, familiares e muitas das vezes hereditários.

Ele é de grande importância, pois é muito comum a existência de jóias, pedras preciosas, diamantes e outros materiais valiosos no patrimônio das famílias, e por se tratar de bens pessoais, familiares e hereditários estes normalmente não possuem nenhum tipo de registro ou documentação, e em nestes casos os herdeiros se deparam uma situação onde eles não sabem o que é que eles tem e nem quanto vale.

Como é feita designação do perito nestes casos?

Em situações onde a partilha é realizada de forma amigável, a família, ou o inventariante ou o advogado constituído, pode contratar o perito judicial gemólogo, para realizar os trabalhos técnicos, onde  estes bens que são: as jóias, diamantes, pedras preciosas, relógios e afins, serão submetidos de forma individualizada a todas  análises e exames necessários, avaliados e descritos num laudo pericial assinado pelo perito judicial gemólogo devidamente credenciado, facilitando assim o entendimento e a realização da partilha.

E em casos judiciais?

Como sabemos, o Juiz, os advogados constituídos e as partes, que são os herdeiros, não são especializados para assunto, o perito nomeado é o profissional capacitado e habilitado necessário para o caso, más é bastante comum os advogados dos herdeiros consultarem e  contratarem com antecedência um perito especialista credenciado, que, com imparcialidade emitirá um laudo pericial com um resultado correto e justo que será apresentado no processo em questão e que será apreciado pelo juiz do caso e normalmente aceito.

Em quais outras situações?

Normalmente não é do conhecimento das pessoas e até do meio empresarial, a utilização dos bens pessoais, no caso as jóias como pagamento de dívidas, acordos e garantia de penhoras, que é um  caminho legal e correto e uma excelente solução dependendo da situação, desde que utilizados procedimentos  como a emissão de laudo gemológico assinado por um profissional habilitado e credenciado, que de forma responsável, correta  irá realizar a identificação e  classificação e principalmente a avaliação dos bens que deverá ser com base na pesquisa mercadologia específica para jóias que é realizada periodicamente, tendo como resultado  a média dos preços praticados pelas joalherias  no mercado formal, o qual espelha a realidade do mercado,  salientando que este procedimento não é utilizado para gemas de cor (pedras preciosas), em razão de não existirem  para este mercado fontes referenciais que regulamentem os preços para pedras preciosas de forma segura e precisa; tratando se assim de situações e mercados totalmente distintos

Por que este serviço e tão pouco utilizado?

É uma questão cultural, pois no passado os negócios e as aquisições de jóias , pedras preciosas, diamantes, relógios e outros materiais afins eram realizadas na base da confiança e da boa fé, e ainda por precaução, que com toda razão, existe o receio em expor seus bens pessoais, familiares e muitas das vezes hereditários, más  é de muita importância este assessoramento técnico e comercial por parte do perito gemólogo, pois na maioria dos casos as pessoas não tem conhecimento sobre seu patrimônio, podendo estar assim equivocadas negativamente como tambem positivamente, e ainda  em função das grandes  mudanças de mercado, trazendo de forma  rápida muitas novidades que não devem ser adquiridas somente com base na boa fé, más sim com segurança, por estas razões  aconselhamos sempre ao comprar na loja ou empresa estabelecida, solicitar o certificado de garantia, e  no mercado informal antes de realizar a compra consultar um  profissional  capacitado e habilitado com registro profissional  para apresentar um laudo pericial idôneo.

Como contactar ou contratrar seus serviços?

São 32 anos dedicados a profissão, realizando os trabalhos com ética e responsabilidade no intuito de sempre  apresentar o melhor resultado. Temos escritório e laboratório para atendimento, meus contatos telefônicos são:(31) 3273-2648 e celular 99907-5881. E mail=hugowernerperito@yahoo.com.br Para conhecer um pouco mais sobre nosso trabalho, temos algumas matérias já publicadas na Web. Basta consultar usando o nome Hugo Werner Flister. Além disso, confira também no site da associação dos peritos judiciais de Minas Gerais. sou membro da associação. Confira: www.aspejudi.com.br