[huge_it_slider id="4"]
 FT1_Carlos_Galo_GoiasJovem Carlos e Tardelli calam o Mineirão
(Fotos: Alexandre Guzanshe-EM/D.A Press)

Da redação

 

Se num clássico não existe favorito, ganha o time que melhor aproveitar os detalhes e neste domingo não foi diferente para os atleticanos. Pela 23a rodada do Brasileirão, o Galo entrou no Mineirão ainda bastante desfalcado e novamente modificado para enfrentar o seu maior rival. Desta vez, Levir Culpi não colocou em campo os atacantes Jô e André que em jogos anteriores andaram entrando e não conseguiram marcar gols.

No lugar, o garoto Carlos conseguiu iluminar o dia dos atleticanos e foi destaque na partida marcando dois gols no clássico.

Tardelli também deixou o dele nas redes defendidas por Fábio e se mostrou que continua a ser o carrasco do time celeste e foi destaque ao comemorar seu gol, convidando Marcos Rocha para se juntar a ele e mostrar os respectivos números das camisas 9 e 2, fazendo a alusão ao maior placar já registrado do Atlético em cima do Cruzeiro, em 1027 e motivo de orgulho da massa alvinegra.

FT2_Tardelli9X2

Tardelli mais uma vez se destaca na comemoração de seu gol: 9X2
(créditos: João Godinho/O Tempo)

O líder do Brasileiro mostrou melhor futebol durante toda a partida, encontrando facilidades no toque de bola e chegando na área alvinegra dando bastante susto, porém pecou nas finalizações e perdeu inúmeras chances claras de gol. O placar de 3 a 2 e a segunda vitória consecutiva para o Galo, colocaram o time na sexta posição na tabela, agora com 37 pontos.

No próximo confronto, a equipe alvinegra encontra o time do Santos, na próxima quinta-feira (25) no Horto.

 

Ficha técnica >>

Cruzeiro 2 X 3 Atlético

Escalação:

Atlético: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Emerson Conceição (Douglas Santos), Leandro Donizete, Dátolo, Luan (Josué), Guilherme (Eduardo), Diego Tardelli e Carlos

Técnico: Levir Culpi

 

Cruzeiro: Fábio, Mayke, Leo, Dedé e Egídio, Henrique e Lucas Silva, Everton Ribeiro (Willian), Ricardo Goulart e Alisson (Dagoberto), Marcelo Moreno (Borges)

Técnico: Marcelo Oliveira

 

Motivo: 23a rodada do Campeonato Brasileiro

Data: domingo, 21 de setembro

Gols: Primeiro tempo: Carlos (39), Tardelli (40), Ricardo Goulart (46) – Segundo Tempo: Alisson (6), Carlos (46)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ)

Auxiliares: Rodrigo F. Henrique Correa e Rodrigo pereira Joia (Fifa/RJ)

Público: 51.069 pagantes

Renda: R$ 3.810.281,00

Cartõesamarelos: Leandro Donizete e Diego Tardelli (ATL)