[huge_it_slider id="4"]

Enquanto ele era esperado no País de Gales, pouco antes das 21h da noite passada, o avião que levava o atacante do clube de Nantes, Emiliano Sala, e seu motorista não deu nenhuma notícia. O atacante argentino era esperado em Cardiff para finalizar sua transferência do FC Nantes.

Uma grande operação de resgate, composta por dois helicópteros e vários barcos, foi lançada para rastrear o Piper Malibu, que transportava dois passageiros. O primeiro relatório da guarda costeira inglesa indica que “nada foi encontrado“.

O FC Nantes confirmou que Emiliano Sala se despediu dos jogadores do FC Nantes pouco antes de embarcar no avião.

No momento em que o avião desapareceu, o portal Met Office adiantava que no local “havia alguns chuviscos, mas nada de muito intenso”. “As velocidades do vento não foram muito más – entre 15 a 20 metros por hora”, acrescentou.

Sala, de 28 anos, foi anunciado no sábado como reforço do Cardiff, num negócio que rendeu 17 milhões de euros aos cofres do Nantes, clube que representava desde o verão de 2015, tendo sido orientado por Sérgio Conceição em 2016/17. Antes, em 2009/10, o futebolista jogou ao serviço do FC Crato, clube dos distritais de Portalegre, tendo realizado um jogo e apontado dois golos.