“O colega perto de mim precisa calar a boca durante a largada”, disse um comentarista da BBC durante a transmissão da final da prova dos 200m borboleta na noite de terça-feira. A alfinetada teve alvo certo – embora o pedido não seja novidade no Brasil. O comentário era sobre Galvão Bueno, que já inspirou memes e até gritos de torcida pedindo seu silêncio. O problema é que ele precisava ficar em calado para que a disputa começasse. Nas competições de natação, é imprescindível o silêncio absoluto antes de qualquer largada.

A juíza, inclusive, precisou atrasar o início da prova por alguns minutos devido ao barulho na arena.