[huge_it_slider id="4"]

image

O Atlético tem convivido com excesso de jogadores lesionados. No jogo contra o Botafogo, 15 atletas ficaram fora da partida, a grande maioria por motivo de lesão. Preocupado com a quantidade de atletas machucados, o preparador físico Carlinhos Neves vai voltar a dedicar um tempo maior para recuperar os atletas que estão no DM.

“Estamos retomando o padrão anterior. Com a mudança da comissão técnica, por algumas necessidades, para que o Levir pudesse conhecer melhor os atletas e colocar as suas ideias, tivemos de mudar algumas situações. Agora estamos retomando o que fazíamos com sucesso em 2013”, explicou Carlinhos Neves.

O preparador físico lembra que o Atlético teve um período curto de pré-temporada porque disputou o Mundial de Clubes até o fim da temporada passada. “A temporada 2014 começou diferente de 2013, em função do Mundial no Marrocos. Nosso período de preparação ficou menor, curto de uma semana, já saímos jogando”, comentou.

Carlinhos Neves afirma que um trabalho preventivo de lesões é feito no clube, mas que as contusões não tem sido fruto de excesso de trabalho.”Observamos todos os índices. O jogador não relata fadiga, problema, você coloca o jogador para participar dos jogos. Vale ressaltar o rendimento físico dos atletas, em nenhum momento caiu. O Levir tem elogiado o rendimento físico. A gente tem conseguido reverter os resultados”, concluiu.