[huge_it_slider id="4"]
Há três anos no interior paulista, Vai Dar Jogo reunirá esportistas não profissionais de BH a partir de 2017
O brasileiro ama jogar futebol, então por que não dar ao esporte não profissional a mesma atenção que os grandes craques recebem? Essa é a missão do Vai Dar Jogo, que está revolucionando as ligas de futebol society para atletas não profissionais. Depois de Ribeirão Preto e Campinas, o campeonato chega a Belo Horizonte em 2017.
Realizado em parceria com a Decatlhon, o torneio terá a primeira temporada mineira dividida em duas divisões, com jogos de março a junho. Durante o período, será distribuída a maior premiação do esporte não profissional de BH: R$ 17,5 mil (metade em dinheiro e metade para compras livres na megastore esportiva).
Além da premiação, a Liga Vai Dar Jogo oferece aos atletas não profissionais o status de ter filmagem de jogos em HD, aplicativo com tabela e classificação, publicação de notícias no site da competição, programas de debate estilo mesa redonda sobre os times e eventos especiais.
“Belo Horizonte é uma cidade que respira futebol, casa de três grandes equipes brasileiras. Seus habitantes são praticantes do esporte, apaixonados. Queremos levar a esses atletas não profissionais mais emoção e profissionalismo”, disse o fundador do Vai Dar Jogo, Flávio Queiroz.
As inscrições estão sendo realizadas pela página do Vai Dar Jogo no Facebook. As partidas poderão ser disputadas a partir de março, em cinco complexos esportivos parceiros. Todas terão a presença de um fiscal do campeonato, que preencherá a súmula e acompanhará os jogos.
Sobre o Vai Dar Jogo
O Vai Dar Jogo é uma liga de futebol society realizada desde 2013 em Ribeirão Preto. Em parceria com a Decatlhon, chegou a Campinas em 2016. Nas duas cidades, já distribuiu aproximadamente R$ 250 mil em prêmios, conta com a presença de 320 times e 5,5 mil atletas. Já realizou mais de oito mil jogos. Por ano, dois mil minutos de filmagem HD são publicadas na internet pela organização.