[huge_it_slider id="4"]

A edição de 2017 da Copa das Confederações começa às 12 horas (de Brasília) deste sábado, com o confronto entre Rússia e Nova Zelândia, em São Petersburgo. O torneio conta com alguns estreantes, entre eles Portugal, de Cristiano Ronaldo, e, pela primeira vez desde 1995, não tem a Seleção Brasileira.

Rússia, Nova Zelândia, Portugal e México formam o Grupo A, enquanto Camarões, Chile, Austrália e Alemanha compõem o Grupo B. Os dois primeiros classificados de cada chave avançam às semifinais e duelam em sistema de cruzamento olímpico. São Petersburgo, Moscou, Kazan e Sochi são as sedes do torneio.

Dirigida pelo técnico Joachim Low, a Alemanha chega com apenas três campeões mundiais de 2014. Com a finalidade de testar os jovens, o treinador deixou seus principais jogadores fora. Joshua Kimmich (22 anos), Timo Werner (21), Niklas Sule (21) e Julian Brandt (21) estão entre as promessas selecionadas.

Portugal disputa a Copa das Confederações credenciado pelo inédito título da Eurocopa, conquistado sobre a França em 2016. O astro Cristiano Ronaldo, que deixou a final continental por lesão, é a principal esperança do país em busca de mais um feito nunca antes logrado.

O México é o representante da Concacaf na Copa das Confederações. Algoz da seleção brasileira na decisão da edição de 1999 do torneio, disputada no próprio México, o time treinado pelo ex-são-paulino Juan Carlos Osório é a o único que pode conquistar o bicacampeonato.

O Chile se classificou ao conquistar a edição de 2015 da Copa América, seu primeiro título de alto nível. Mesmo após a saída do técnico Jorge Sampaoli, a seleção manteve a força e ganhou, sob o comando de Juan Antonio Pizzi, a Copa América Centenário 2016.

Camarões entrou na Copa das Nações Africanas 2017 fora do grupo dos favoritos, mas conseguiu conquistar o título. Vice-campeã da edição de 2003 da Copa das Confederações diante da França, a seleção tenta ser a primeira de seu continente a ganhar o torneio.

A Austrália, classificada pela seletiva asiática (apesar de ficar na Oceania), alcançou na Copa das Confederações 1997 seu melhor resultado em um torneio da Fifa ao cair diante do Brasil na decisão, disputada na Arábia Saudita. Em três participações no campeonato, a seleção ganhou cinco dos 13 jogos realizados.

Na Rússia, a Nova Zelândia disputa a Copa das Confederações pela quarta vez e continua em busca de sua primeira vitória no torneio. O time da Oceania é treinado pelo britânico Anthony Hudson, filho de Alan Hudson, ex-jogador do Chelsea e da Inglaterra.