[huge_it_slider id="4"]

A Autêntica (Rua Alagoas, 1172, Savassi, Belo Horizonte – MG) será palco para a  a 34ª edição do Sarau do Filizzola na próxima terça-feira, dia 13 de junho, a partir das 19h. O evento reunirá grandes nomes da música autoral mineira, como Titane, Rogério Delayon, Roberto Zara, Elisa Paraíso, Carlos Walter, Raquel Coutinho, Taquinho Costa, Marina Gomes, Bárbara Barcellos, Dois Lados, Marcos Ruffato e o idealizador e organizador do projeto, Eduardo Filizzola. Os ingressos são retirados na portaria d’ A Autêntica ao valor simbólico de apenas R$1,00.

Sarau do Filizzola

Idealizado pelo músico mineiro Eduardo Filizzola, o Sarau do Filizzola tem como objetivo promover o encontro dos artistas, cada um fazendo uma rápida apresentação do seu trabalho e interagindo com os outros. Desde sua 24ª edição, o projeto conta com o aporte da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. Com esta conquista, convidados especiais têm participado do projeto, valorizando ainda mais a iniciativa.

O Sarau já contou com a participação de mais de 400 renomados artistas como Toninho Horta, Tadeu Franco, Flávio Renegado, Affonsinho, Marina Machado, Nelson Angelo, Wilson Sideral, Juarez Moreira, Aline Calixto, Chico Amaral, Paulinho Pedra Azul, Amaranto, Dona Jandira e dezenas de outros importantes nomes da cena mineira.

O evento foi criado em maio de 2014, quando Eduardo Filizzola começou a convidar seus amigos, na maioria músicos, compositores e poetas, para reuniões mensais em sua casa, onde todos poderiam tocar, recitar e trocar experiências sobre seus trabalhos e projetos. Essa reunião logo foi apelidada pelos amigos de Sarau do Filizzola, que foi ganhando cada vez mais proporção e acabou virando tradição no calendário cultural de Belo Horizonte.

Sobre Eduardo Filizzola

Eduardo Filizzola, natural de Belo Horizonte, iniciou sua carreira musical em 1979 como cantor e violonista da Banda Livre, liderada por Márcio Melão. Logo em seguida fundou o grupo Muda, que colocou no mercado o primeiro disco independente de Minas Gerais, um compacto duplo com três composições suas e participação de Flávio Venturini.

Em 1983 mudou-se para o Rio. Participou da explosão do rock brasileiro, fazendo vários shows no Circo Voador, no evento semanal Rock Voador.

Em 1985 gravou um compacto duplo autoral pela Recarey Discos. Em 86, gravou duas músicas próprias na coletânea “A Arca do Rock” e o LP autoral “Altar Infernal”. Esse LP foi muito executado nas rádios cariocas e mineiras, especialmente a canção “A Verdade a Cada Instante”.

Em 1992, montou o Menu Musical, um show que misturava músicas próprias, esquetes teatrais e músicas escolhidas pelo público num cardápio de cem opções. Esse espetáculo foi um sucesso, ficando em cartaz durante todo o ano. Em 1993, montou o grupo Filizzola e as Madonas de Rubens. Em 1995 participou de um trio juntamente com Sérgio Dias, dos Mutantes, e Paulinho Moska.

Em 1999 voltou para Belo Horizonte e dedicou-se a concluir a composição de suas peças eruditas para violão solo. Para isso, recolheu-se a um sítio próximo a BH e lá gravou grande parte dessas peças, tendo como fundo os ruídos da mata. Esse trabalho só foi concluído em junho de 2014, com o lançamento do CD Cores.

No final de 2011 retomou seu trabalho de MPB. Até 2013 totalizou 22 novas canções disponibilizadas em seu site. Dentre essas, escolheu as que integram seu novo CD, Meu nome é terra, lançado em 2015.

 

Serviço:

34º Sarau do Filizzola

Atrações: Eduardo Filizzola, Titane, Rogério Delayon, Roberto Zara, Elisa Paraíso, Carlos Walter, Raquel Coutinho, Taquinho Costa, Marina Gomes, Bárbara Barcellos, Dois Lados e Marcos Ruffato.

Data: Terça-feira, 13 de junho

Horário: 19h

Local: A Autêntica (Rua Alagoas, 1172, Savassi)

Entrada: R$1,00

Telefone de informações ao público: 31 3654 9251

Classificação indicativa: 18 anos