[huge_it_slider id="4"]

Nutricionista-Jaleco-300x296

Por Jéssica Kelly – Nutricionista CRN 15237/P

Com o início das aulas, é e bom pensar em como manter a memória sadia e ativa para receber as novas informações. Algumas mudanças em nosso cardápio podem ajudar nosso cérebro a se manter mais concentrado, o que ajuda a melhorar a memória.

Uma alimentação adequada, rica em antioxidantes faz parte das ações que podem prevenir as chamadas doenças degenerativas, como Alzheimer e Parkinson, fatalmente relacionadas à produção de radicais livres pelo nosso organismo. Outro ponto muito importante é não pular refeições, principalmente o café da manhã. Isso pode comprometer o desempenho cerebral por falta de glicose e levar à fadiga mental.

Alimentos que podem beneficiar memória:

Ovo: Fonte de colina, que participa da formação dos neurônios e repara as células cerebrais avariadas. Produz acetilcolina, neurotransmissor fundamental para a memória e o aprendizado. Previne contra a depressão. Além de ser fonte de vitaminas do complexo B, que facilitam a comunicação entre os neurônios.

Peixe: Essencial para o cérebro, melhora a memória, a concentração e possui ação antiinflamatória. Protege os neurônios contra os radicais livres e preserva as membranas dos neurônios, colaborando para a troca de informações entre eles. Fonte de zinco o e selênio que estimulam a atividade cerebral, impedindo ondas de cansaço no final do dia.

Alface: Coma as folhas, talos e o coração, pois é aí que se concentram altas doses de lactucina, substância que age como calmante.

Laranja e maracujá: Previnem o cansaço e ajudam a combater o estresse. Contêm ainda vitamina C, que contribui para as defesas do organismo.

Maçã: é uma das principais fontes de fisetina, composto que favorece o amadurecimento das células nervosas e estimula os mecanismos cerebrais.

Frutas vermelhas: Possuem flavonóides, que exercem efeitos benéficos na aprendizagem e na memória porque protegem os neurônios e são capazes de reverter déficits de memória.

Para as mamães quando forem montar a lanche para escola, dêem preferências para alimentos naturais, como frutas, sucos, água de coco. É importante evitar alimentos industrializados, como biscoitos, bolinhos, salgadinhos, entre vários outros. Procure fazer bolos saudáveis, biscoitos com grão de bico, sucos sempre variados com mistura de frutas. Uma ótima sugestão e montar o lanche junto com seu filho(a) fazendo que o mesmo participe. Vocês podem montar espetinhos de frutas ou pedaços de frutas congelados cobertos com chocolate 50% o mais de cacau e biscoitinhos em formatos de bichinhos. Usando a criatividade é possível criar o hábito de uma alimentação equilibrada e benéfica para a memória de quem ainda tem muito o que viver pela frente.

 

Mais informações e agendamento de entrevistas:

Grupo Balo de Comunicação – www.grupobalo.com

Heberton Lopes – hlopes@grupobalo.com – (31) 3077 0606 – (31) 98988 7616