[huge_it_slider id="4"]
Nomes de peso da música sertaneja
fizeram a alegria dos belo-horizontinos
10985384_838311292905314_7960579903275633155_nCerca de 30 mil pessoas estiveram presentes no Festival Brasil Sertanejo
(Foto: Frederico Gazel)

*Cobertura JCE*

Jornalistas (JP)
Karine Alonso e Frederico Gazel
*Fotos: Karine e Frederico*

 

O estádio do Mineirão sempre foi palco de grandes espetáculos envolvendo o futebol. As cores dos times mineiros enfeitavam as tardes dos finais de semana e no último sábado, cedeu espaço para botas, chapéus, fivelas e gritos de fãs apaixonadas a espera do seu artista favorito. O primeiro Festival Brasil Sertanejo aconteceu na Esplanada do Mineirão no dia 9 de maio e foi realizado em parceria entre o empresário João Wellington e Nenety Eventos. O Show contou com apresentações de Henrique & Juliano, Jads&Jadson, César Menotti & Fabiano, Henrique & Diego, Victor & Fabiano e Grupo Aviões do Forró. O público presente no local foi aproximadamente de 30 mil pessoas.

Nem mesmo a tarde de sol quente foi obstáculo para os fãs da música sertaneja que estavam cedo no Mineirão aguardando a abertura dos portões. Belo Horizonte teve a honra de receber o primeiro festival que promete outras edições. Em uma estrutura bem montada, os fãs puderam se acomodar para assistir aos shows com segurança e conforto, onde foram oferecidos serviços de parceiros do evento e uma gastronomia que apresentava variedades.

Para agitar a galera no início do festival, o DJ Hugo Soares levou um repertório eclético e contou como foi a sensação de abrir o festival. “Foi maravilhoso, foi um convite inesperado. Eu estava no meio de uma turnê quando me chamaram e tive que vir correndo para BH pois além de ser minha cidade natal, é o Mineirão, um espaço onde o pessoal já conhece e todo mundo é apaixonado. Para mim foi um prazer enorme tocar nesta tardefoi uma missão fazer o pessoal animar e se envolver”,contou.

O grupo Aviões do Forró animou o público com as músicas de sucesso que entraram para o cenário das novelas e além de canções que ganharam novas roupagens na voz do casal Solange Almeida e Alexandre Avião.

Victor e Fabiano foram a primeira dupla a se apresentar e deram sequência ao mix do DJ Hugo Soares e cantaram vários sucesso. Ao som de “Muleke Piranha” carro chefe da dupla, levantou a galera. João Victor e Greg também mostraram animação ao cantar a música “Toca Tião”. Segundo a dupla, a ideia surgiu com objetivo de criar um bordão para a galera do sertanejo e também como uma homenagem ao Tião Carreiro.

11255494_838163846253392_1656267555324404580_nA dupla Victor e Fabiano agitaram os fãs com seus grandes sucessos
(Foto: Karine Alonso)

 

Henrique e Diego também participaram da festa e claro, que “Suíte 14” foi pedida aos gritos pelo público. A canção com a participação do funkeiro MC Guimê está nas paradas de sucesso de todo o Brasil. A dupla mostrou para os fãs uma versatilidade cantando músicas de outros artistas em ritmo sertanejo.

A apresentação de César Menotti e Fabiano foi marcada por momentos de recordações, além de sucesso da carreira como “Lugar melhor que BH” e “Como um anjo” a dupla cantou sucessos consagrados da música sertaneja e prestaram homenagem ao cantor José Rico ao cantaram a canção “Estrada da vida” com muita emoção. E para a surpresa, a dupla cantou músicas do grupo Raça Negra, sucesso nos anos 1980 e 1990.

O público foi ao delírio quando Henrique e Juliano subiram ao palco. Uma das atrações mais esperadas da noite, a dupla cantou os maiores sucessos como“Até você voltar”, “Cuida bem dela”, “Mudando de assunto”, “Gordinho Saliente”, “Mistura Louca”, entre outras. Além das músicas da carreira, fizeram medleys de funk da atualidade como “hoje” da MC Ludmila.

10395187_838164096253367_5947907768002700840_nA dupla Henrique e Juliano foi uma das atrações mais
esperadas pelo público
(Foto: Karine Alonso)

 

Do Paraná para o Brasil

A presença das grandes estrelas do ritmo sertanejo, César Menotti e Fabiano, e os novos talentos Henrique e Juliano dividiram o palco com a dupla sensação Jads e Jadson que encerrou o festival na capital. Os irmãos da cidade de Catanduva-PR, gravaram seu primeiro CD ainda em 2003, porém, o sucesso veio mesmo em 2013 com o repertório das músicas mais tocadas e conhecidas do público: “Jeito Carinhoso”, “Planos Impossíveis”, “Colo” e “Ressentimento”. A dupla já havia visitado a capital mineira, porém, nunca se apresentaram para o público de Belo Horizonte. Em entrevista, Jads conta um pouco dos projetos e disse que os fãs já podem esperar um novo trabalho para o segundo semestre. “O DVD ainda é novo, e estamos desenvolvendo o cenário também para seguir até o final do ano, mas já estamos trabalhando outro CD em estúdio e no começo do ano que vem já estaremos gravando”, afirma.

KODAK Digital Still Camera

A dupla sensação, Jads e Jadson, embalaram os fãs
com os hits: Colo, Jeito Carinhoso e etc
(Foto: JCEditorial)

 

As músicas de Jads e Jadson tem muitos casos do cotidiano, contos engraçados e anedotas. Segundo Jadson, foram histórias retiradas de experiências vividas por eles, bem como casos de fãs e da vida sertaneja. De todas as músicas amorosas e sentimentais da dupla, uma das canções conta uma história de desprezo, desdenho e judiação. Na música “Ressentimento”, Jadson afirma que a ideia foi expressar que todos nós temos momentos difíceis no relacionamento. “Nem tudo é um mar de alegrias e de flores. As vezes passamos por situações ruins em nossas vidas. Quem escuta Jads e Jadson é um povo mais sofrido. Por mais incrível que pareça, essa música é de uma composição do nosso empresário, de uma brincadeira no escritório e graças a Deus foi um sucesso no Brasil inteiro”, disse.

Idealizadores

Bastante emocionados com a boa receptividade e aceitação do público belo-horizontino, o empresário João Wellington e o produtor Cristiano Carneiro, o Nenety, festejaram o sucesso e a parceria. “Eu amo música sertaneja e estou muito feliz com esse festival. Foi um trabalho feito com muito carinho por mim e o Nenety.  Nos respeitamos muito e, juntos, somamos forças para isso tudo acontecer. A escolha dos artistas foi bem criteriosa. Todos tem seu talento e cada um tem seu papel no evento. Jads e Jadson está esse sucesso todo no Brasil e antes não tinham vindo a Belo Horizonte. Já o grupo Aviões do Forró é uma forma de homenagear, pois temos muitos nordestinos na capital e César Menotti e Fabiano, são filhos da terra, adotaram BH e nada mais justo que fazerem parte deste grande festival”, afirmou João Wellington. Os empresários ainda disseram que o objetivo é dar sequência ao trabalho e realizar mais edições deste festival da moda sertaneja pelo Brasil.

KODAK Digital Still Camera

O empresário João Wellington e o produtor Cristiano Carneiro, o Nenety,
festejaram o sucesso e a parceria
(Foto: Karine Alonso)

 

Confiram as fotos do evento na galeria:
Cobertura *JCE*