Na terça (3), o Museu de Artes e Ofícios será palco para o lançamento do livro Mulheres de Minas, de autoria do publisher Sebastian Justo. Nesta primeira edição, que ele define como “uma retrospectiva à história com detalhes da vida acadêmica, profissional e familiar”, a obra reúne doze biografias que evidencia o empreendedorismo e a coragem de conhecidas mulheres da sociedade mineira. São retratadas em texto e imagens feitas pelo artista plástico Rui de Paula, a pedagoga Christina Fabel, a vice-presidente da Construtora Caparaó Maria Cristina Valle, a presidente do Superior Tribunal Militar Maria Elizabeth Guimarães Teixeira, a ex-deputada federal Maria Elvira Salles Ferreira, a especialista em Yoga Maria José Marinho, as empresárias,Fátima BarachoTetê Rezende e Helaine Batomarco. Além delas, também aparecem na obra a hoteleira Érica Drumond, a empresária Laura Medioli, a médica Norma Salvador e a mecenasÂngela Gutierrez (foto), responsável, entre outros projetos, pela doação ao estado do Museu de Artes e Ofícios, na capital, do Museu do Oratório, em Ouro Preto e do Museu de Sant’Ana, inaugurado em 2014 na histórica Tiradentes.

Qual é a trajetória das mulheres que se destacam em Minas Gerais, seja nos campos da cultura, educação, medicina, negócios ou outros? É com o objetivo de responder a essa pergunta que Sebástian Justo está lançando, o livro “Mulheres de Minas” (ed. Soler). “A ideia surgiu há mais de dez anos, de uma conversa com a Ângela Gutierrez. Na ocasião, havia sido sugerido que a gente fizesse uma biografia dela. O projeto não foi para a frente, mas ela teve a ideia de fazer um livro sobre mulheres que tiveram grande expressividade”, explica Sebástian.

Cada uma dessas mulheres teve sua vida observada pelo editor, que uniu pesquisas com entrevistas de três a oito horas com cada uma para contar suas histórias. “São biografias superficiais. Uma biografia é um livro inteiro, nós falamos de 12 pessoas. É um resumo, mas é um resumo completo. Dá para ter uma ideia da pessoa, de onde ela veio, as dificuldade que tiveram que ser superadas. Dá para ter uma visão da linha cronológica de cada uma”, explica o editor, que garante não ter mostrado o produto finalizado para nenhuma das homenageadas. “Cada uma delas terá algumas surpresas no dia do lançamento”, comemora Justo.

Agenda

  • O QUE. Lançamento do livro “Mulheres de Minas”
  • QUANDO. Terça-feira (3), às 19h
  • ONDE. Museu de Artes e Ofícios, na praça da Estação

 

Download do livro Mulheres de Minas e os Sabores das Gerais

http://www.social.mg.gov.br/documentos/Conselhos/cem/Caderno_Receitas.pdf