[huge_it_slider id="4"]

A imprensa mineira acordou de Luto na manhã desta terça-feira, dia (25). O jornalista Artur Almeida, 57 anos, morreu em Portugal onde passava férias. As informações da família são de que ele teve uma parada cardiorrespiratória, chegou a ser socorrido mas morreu a caminho do hospital.

Ele era editor-chefe, apresentador do MGTV 1ª edição e trabalhava na TV Globo Minas há mais de 20 anos. Almeida dividia a bancada do na TV com a jornalista Isabela Scalabrini. Artur deixa a mulher e três filhas.

Minas Gerais perde com certeza um dos seus jornalistas mais importantes e a Globo Minas perdeu um colega, um amigo que deixa uma lacuna profissional imensa e principalmente uma enorme saudade.

“Eu tô arrasada… não quero acreditar! Ele sabia o quanto eu o admirava. Quem vai me chamar de veranico.. de chuvisco.. e me encher de apelidos e agora?? Ele era engraçado.. bem humorado.. Um cara sensacional!! Não é possível…”, declarou Carina Pereira, do Globo Esporte Minas, ao postar uma foto ao lado do colega de trabalho no twitter.

Consternadas com a notícia entidades de imprensa e de diversos órgãos em Minas Gerais manifestaram o seu pesar. A diretoria da Associação de Imprensa Nacional, registra com grande pesar. Kalil e Pimentel lamentam a morte do jornalista Artur Almeida e divulgaram nota em vídeo nas redes sociais. O apresentador do ‘Bem Estar’, Fernando Rocha, não conteve as lágrimas ao lembrar o amigo.

Até mesmo a Polícia Militar (PM) emitiu uma nota sobre a morte do jornalista. “A Polícia Militar de Minas Gerais lamenta a morte do jornalista Artur Almeida, da Rede Globo, ocorrida na madrugada de hoje, 25 de julho. A Instituição o considerava um grande comunicador e profissional exemplar para a categoria. A PMMG solidariza-se, neste momento, com familiares e amigos e deixa registrado seu sentimento de pesar”.

Filho do também jornalista Guy de Almeida, Artur formou-se em Comunicação Social no primeiro semestre de 1983, na Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG). Em 1987 trabalhou pela primeira vez na Globo, saindo em 1990 por dois anos. Depois disso ele retornou a emissora, onde continuou por 25 anos.

Artur Almeida foi repórter, apresentador do Bom Dia Minas, do MGTV e, desde 2009, editor-executivo da Globo Minas.