[huge_it_slider id="4"]

Basta passar pelas ruas do Centro da capital, principalmente nas proximidades da Praça Sete, para ver diversos ambulantes com placas ou camisas com os seguintes dizeres: “avalio, compro e vendo ouro, metais e pedras preciosas”

Hugo-Verner-1-1024x793

Hugo Werner Flister: “O laudo pericial assinado pelo gemólogo
da às jóias e pedras um registro de identidade
definitivo e seguro”
(Foto: Divulgação)

*Felipe José de Jesus 

Somente em Belo Horizonte, existem mais de 30 pontos que fazem esse tipo de trabalho, no entanto, de acordo com especialistas, as pessoas devem ter cuidado com o serviço ofertado nas ruas, pois esses avaliadores trabalham a margem do mercado. Para falar sobre o tema, em entrevista, o perito judicial e gemólogo, Hugo Werner Flister, explica qual é o profissional correto para fazer essa avaliação.

“Trabalho com as principais joalherias, como a Manoel Bernardes, e afirmo que quem faz essa análise é o gemólogo. Ele é capacitado para avaliar pedras preciosas, diamantes, joias e afins. Esse profissional poderá certificar através de laudos técnicos e específicos a suma identidade, classificação e consequentemente a avaliação dos materiais”, comenta. Segundo Flister, as pessoas devem valorizar a avaliação feita pelo profissional, pois, metais preciosos e pedras podem ser utilizados como uma segunda moeda.

“Não faz parte da cultura das pessoas procurarem um profissional para orientação e assessoramento técnico e comercial. Por isso, é oportuno salientar que esses bens preciosos podem ser utilizados para garantir ou substituir penhoras, empréstimos, pagamentos judiciais, investimentos e demais transações comerciais”. Ele acrescenta ainda que “independentemente da classe social, esses itens podem ser patrimônio mesmo que sejam apenas as alianças de casamento”, completa.

Riscos

Questionado sobre qual é o perigo de consultar pessoas que não são capacitadas para a avaliação de pedras e afins, o gemólogo diz que o problema está nas falsificações. “Quando se trata de comercializar joias e pedras preciosas é muito importante ter um profissional habilitado para evitar fraudes. Existe no mercado formal e informal uma grande variedade de imitações e falsificações, as quais só poderão ser detectadas por meio de análises realizadas por profissional através de laboratórios”, ressalta.

Flister explica ainda que a avaliação de uma joia é feita por meio de processos minuciosos. “A verificação de uma joia, principalmente quando se trata de diamantes e outras pedras depende de conhecimentos técnicos e muita experiência do profissional. É preciso considerar vários fatores como a classificação, veracidade do material, cor, pureza, tamanho, peso, lapidação, e só assim, fazer uma avaliação mais criteriosa”, salienta.

O gemólogo afirma que existe uma grande diferença entre os avaliadores, que apenas compram ouro e joias daquele avaliador profissional que além de analisar, emite o laudo. “O perito gemólogo tem como princípios básicos o comprometimento com a total ética, verdade, responsabilidade e a imparcialidade quanto ao laudo por ele apresentado. O laudo pericial assinado por um perito em Gemologia da às joias e pedras preciosas um registro de identidade definitivo e seguro”, conclui.

Para avaliações de pedras e afins: (31) 3273-2648 / 9907-5881