[huge_it_slider id="4"]

Flávio Renegado, Simoninha, Zevinipim, Tamara Franklin, Lá da Favelinha, Brother Soul e Original Sundays agitarão o evento, que também contará com a Ébano – Feira Afro Mineira de Moda, Arte e Beleza no dia 26 de novembro 

flavio-renegado-dayran-dornelas

Foto: Dayran Dornelas

No mês em que é comemorado o dia da Consciência Negra no Brasil, Belo Horizonte será palco para a primeira edição da festa #SomosTodosBlack, que será realizada no dia 26 de novembro, sábado, a partir das 15h, na Rua Sapucaí – Bairro Floresta. Com entrada gratuita, o evento receberá grandes shows: Flávio Renegado lançando o CD Outono Selvagem e recebendo o amigo Simoninha, o grupo que tem colocado o povo pra dançar Zevinipim, que recebe a rapper Tamara Franklin, e o projeto Lá da Favelinha com a famosa batalha do passinho, além do grupo de dança Brother Soul e a conceituada festa Original Sundays, com os DJs Jahnu e Xeréu comandando a pista.

O objetivo da #SomosTodosBlack é valorizar a miscigenação exaltando a cultura negra, como explica a produtora Danusa Carvalho: “a verdade é que todo o brasileiro tem sim sangue negro. A miscigenação é uma arma de luta e empoderamento: basta nos compreendermos como afrodescendentes, sem perdermos de vista o racismo. Quando a face racista da sociedade se revela, não há quase-brancos, quase-negros ou morenos, mas sim pessoas nas quais a negritude foi reconhecida.”

O rapper Flávio Renegado, que apresenta o novo trabalho “Outono Selvagem” na ocasião, completa: “Não somos iguais e todos sabemos disso. No dia em que virmos negros formados nas faculdades na mesma proporção que brancos, quando tivermos negros assumindo posições de poder igualitária, quando o negro não for mais destaque do genocídio, quando a pobreza, a fome, a falta de educação não forem mais pautas da população negra periférica, quando punirmos os covardes que cometem crimes de racismo, quando garantirmos o ensino das culturas africanas… Aí sim poderemos falar em igualdade. Até lá, seguiremos problematizando situações e buscando valorizar o negro em nossa sociedade.” 

Flávio Renegado

Nascido e criado na comunidade do Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte, o rapper, compositor, instrumentista, poeta, ator e líder comunitário Flávio Renegado partiu dos estreitos becos da favela para tomar o mundo com seu trabalho que tira o hip hop do gueto e abraça as mais diversas influências.

Com cinco discos gravados, os dois últimos pela Som Livre, Flávio Renegado trabalha no momento o álbum “Outono Selvagem”, que conta com as sete músicas do EP “Relatos de Um Conflito Particular” e o restante de inéditas, que completam as 14 faixas do disco.  

 

Simoninha

A #SomosTodosBlack marca o reencontro de Flávio Renegado e Simoninha, que dividiram palco pela primeira vez no programa Música Boa, do canal Multishow juntamente com Luiza Possi. Desde então, Simoninha e Renegado se tornaram amigos e o rapper mineiro fez o convite para o show em BH, que foi aceito imediatamente.

Músico, intérprete, produtor e empresário, o negócio de Wilson Simoninha é a música. Filho do legendário Wilson Simonal, ele se interessou por música ainda criança, e durante toda a adolescência fez diversos cursos de música e harmonia. Trabalhou com ídolos de diversas gerações e produziu diversos eventos culturais. Em carreira solo Simoninha contabiliza 5 CDs e 2 DVDs, além de idealizar, ao lado de seu irmão Max de Castro, o projeto “O Baile do Simonal”.

 

Zevinipim

Groove é um termo oriundo da língua inglesa que, no meio musical, é um sinônimo para “ritmo”. Provém da expressão “in thegroove”, ou seja, “no caminho”. Zevinipim é groove! É ritmo de rolézinho pela música do mundo. O trio formado por Zé Mauro (guitarra), Vinicius Ribeiro (baixo) e Felipe Bastos (bateria) surgiu em 2014, misturando diferentes vertentes musicais como soul, funk, jazz e samba, que vai desde James Brown ao Afoxé. Tem raiz no Soul mas dá beijinho no Axé e, no fim das contas, é pra dançar, até doer o pé. 

Tamara Franklin

A aposta na fusão sonora, cultural e musical são as principais marcas do trabalho da cantora mineira Tamara Franklin, natural de Ribeirão das Neves, que tem tido grande aceitação entre o público e outros artistas. Sua música caracterizada pela influência de regionalismos e cantos africanos e vai somar com o Grove do Zevinipim, vamos ter uma sonoridade da música contemporânea.   

Lá da Favelinha

O Centro Cultural Lá da Favelinha é uma iniciativa da comunidade do Aglomerado da Serra. Inaugurado em janeiro de 2015, há uma biblioteca com um acervo de mais de 3 mil livrosE O MOVIMENTO BATALHA DO PASSINHO, Na #SomosTodosBlack o Lá da Favelinha apresentará sua famosa batalha do passinho, feita pelos alunos de dança do projeto.

Brother Soul

Amor ao soul, a dança, e as amizades. Há 30 anos os amigos que integram ogrupo Brother Soul representam a arte de dançar James Browm. Eles já fizeram quase duas mil apresentações em vários estados, entre eles São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina, além de diversos programas de TV da Rede Globo, Rede Minas, Band, SBT e MTV. O grupo também fez uma participação especial do primeiro DVD Fernanda Abreu.

Original Sundays

A intenção do Original Sundays é fazer um caldeirão sonoro com os melhores sons da música jamaicana e do rap, com todas as suas influências e vertentes para fazer as pessoas dançarem a noite inteira. Preenchendo também uma lacuna em Belo Horizonte, a da Black Music. O Projeto foi idealizado pelos Pesquisadores e DJ’s, Brunno Januária e Rodrigo Castelo Branco, que sempre convidam DJ’s e MC’s para participarem de celebrações musicais, e no dia 26 de novembro não será diferente, o grupo e seus convidados se apresentarão na feira #SomosTodosBlack prometendo levar muita diversão, dança e música ao público presente.

 

Serviço:

#SomosTodosBlack

Data: 26 de novembro de 2016, sábado.

Local: Rua Sapucaí – Bairro Floresta

Horário: 15h às 22h

Entrada franca – Ingressos limitados que deverão ser retirados antecipadamente, a partir de 16/11, pelo www.Sympla.com.br.  Pede-se a doação de 2 kg de alimentos não perecíveis

 

Atrações

Original Sundays – DJs  Jahnu e Xeréu

Brother Soul

Lá da favelinha (batalha do passinho)

Zevinipim convida Tamara Franklin

Flávio Renegado convida Simoninha

 

Classificação: livre

Informações ao público: (31) 3222-3242

Realização: Casulo Cultura

Produção: Full Produções

Apoio:Arebeldia, Original Sundays, Feira Ébano/Enia Dara, BasquiatGraffitti, Qu4rto Studio, Manto, BDMG

Patrocínio: Cemig

Incentivo: Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Estado de Minas Gerais

Parceria Social: Arebeldia