[huge_it_slider id="4"]

por Coach Monica Motta

Adeus ano velho, feliz ano novo. Que tudo se realize, no ano que vai nascer… é, só que não dá mais para ficar só na musiquinha e nos desejos de felicitações para a chegada do próximo ano, é preciso ação e coragem para ir em busca da vida que quer e merece ter. E para que as realizações aconteçam é preciso planejar e agir.

Estamos no final do ano e é hora de ponderar os resultados alcançados e delinear as ações e projetos para 2017. Nessa etapa necessitamos distinguir não só nossos objetivos, mas também como chegaremos até eles e quais são os investimentos que serão exigidos de nós. Nossa primeira atitude é que devemos ser gratos pelo ano que tivemos. Segundo, temos que aprender com os erros que cometemos e pensar em maneiras de fazer diferente em 2017.

Quando o ano chega ao fim, é comum que todos avaliem o ano que se encerra e façam suas promessas para o próximo ano, mas mais do que uma simples avaliação, é necessário não cometer novamente os mesmos erros, para que o sucesso seja maior ainda no novo ano. Mas você é capaz de ser grato por tudo o que viveu em 2016? Talvez esse não tenha sido o ano mais maravilhoso da sua vida, mas você não precisa voltar sua atenção só aquilo que foi ruim. Seja grato a qualquer situação que lhe ocorreu. Difícil? Sim, é sim, mas continue tentando. E mantenha essa tentativa durante todo o próximo ano, ela deve fazer parte do seu planejamento. Devemos encarar o ano novo com um planejamento embaixo do braço, afinal de contas se trata uma nova oportunidade de viver.

O ideal é que você faça dois planejamentos, um pessoal e outro profissional, as duas coisas andam lado a lado, mas são distintas, com um planejamento para todo o ano, as chances de ter sucesso serão infinitamente maiores. Não existe ninguém que saiba de tudo, ou que tenha vivido tudo, não importa quantos anos tenha, sempre é tempo de aprender, de avaliar, de recomeçar. Por isso assumimos tantos papeis diferente no decorrer da vida e por isso devemos trocar experiências. Viver é aprender diariamente com erros e acertos, mas nós só somos direcionados a considerar os acertos. Desde muito pequeno, o ser humano, é acondicionado a achar que errar é ruim. Essa crença de que não se pode errar impede que as pessoas aprendam com os tombos levados, por isso temos tantas pessoas persistindo nos mesmos erros, na verdade não percebem que erraram porque errar não é permitido. Às vezes errar pode até ser ruim, inevitável, mas às vezes é bom. Nos faz crescer, e o que melhor, nem sempre é preciso pagar por ele. Então, que venha 2017, um ano repleto de erros, e acertos, para vivermos e aprendermos.

Bom rejuvenescimento.