Paulo Lamac (Rede) anunciou nesta sexta-feira, 12 de agosto, a desistência de ser candidato à prefeitura de Belo Horizonte. Seu caminho agora é o de vice na chapa do cartola Alexandre Kalil (PHS). A informação é dada na Sede da Rede em Belo Horizonte, junto com a equipe do ex-dirigente atleticano.

Com o aval de Marina Silva, o deputado estadual Paulo Lamac (Rede) anunciou na tarde desta sexta-feira (12) que será o candidato a vice-prefeito de Belo Horizonte na chapa de Alexandre Kalil (PHS). Junto com o PV, os três partidos formam a coligação “Pra BH funcionar”.

Paulo Lamac disse que após um longo período de negociações, a convergência com Kalil se deu pela semelhança de ideias e projetos para Belo Horizonte. “Não houve nenhuma imposição, mas sim muitos debates e identificação ideológica”, disse Lamac.

“Não estamos falando de arranjos feitos às escuras. Foi uma construção transparente e será um passo importante para que a Rede contribua de fato para uma boa administração para Belo Horizonte”, afirmou Paulo Lamac, ao responder o motivo que o levou a abrir mão de ser cabeça de chapa na campanha à prefeitura.

Envolvido em uma briga com a Polícia Militar, o deputado estadual do PMDB Iran Barbosa participou do encontro e se disse entusiasta da candidatura de Alexandre Kalil. “Estou aqui, não como dissidente do meu partido, mas porque fui um dos que mais apoiaram a candidatura de Kalil. Não vejo outra pessoa melhor para gerir a cidade. E o nome de Paulo Lamac é o melhor para a composição”, discursou Barbosa. O peemedebista será um dos coordenadores políticos da campanha de Kalil, junto com o também deputado e dirigente do PV, Agostinho Patrus (PV).

Ao lado de dirigentes dos partidos que formam a coligação, Alexandre Kalil ressaltou a importância a participação da Rede na construção dos projetos para Belo Horizonte. “E é importante dizer que essa coligação não tem chefe. Aqui, todos mandam, todos contribuem”, ironizou. Após o anúncio, Alexandre Kalil e Paulo Lamac seguiram para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para registrarem as candidaturas.