O primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ofereceu ao Brasil ajuda para encontrar os desaparecidos do rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais.

O presidente Jair Bolsonaro, confirmou através do twitter, na manha do último sábado, que conversou com Netanyahu, que prontamente ofereceu a tecnologia israelense a serviço da humanidade.

Benjamin Netanyahu , através do Twitter, comentou dizendo: “Após o desastre que desabou no Brasil e levou a centenas de pessoas desaparecidas, falei com o presidente Bolsonaro, e também sugeri que Israel enviaria assistência imediata à cena do desastre na procura de pessoas desaparecidas. O Presidente do Brasil, agradeceu-me e aceitou. No próximo dia, uma delegação israelense vai sair com equipamentos de extração.”, prometendo que a ajuda chegaria em 24 horas no Brasil.

As Forças de Defesa de Israel, (FDI), conhecida comumente no país pelo acrônimo hebraico Tzahl, são as forças armadas que englobam suas forças terrestre, bem com a sua Marinha e a Força a Aérea, e foram formadas durante a Independência do país.

Um avião com 130 soldados saiu de Jerusalém, Israel, em direção ao Brasil às 6h da manhã deste domingo (27), no horário de Brasília, para ajudar nas buscas em Brumadinho (MG). A delegação chega à noite.