[huge_it_slider id="4"]

Com o crescimento da participação feminina no mercado imobiliário, a unidade fraqueada RE/MAX Domum criou vagas para recrutamento de mulheres que queiram gerenciar suas carreiras sem abrir mão das prioridades pessoais

Gustavo Sathler
Foto:Giovana Louise

 

O mercado imobiliário tem se tornado cada vez mais dinâmico. Apesar das constantes instabilidades que o segmento apresenta, um dado chama atenção do momento atual desse negócio: a crescente participação feminina no setor.  Segundo o Conselho Federal de Corretores de Imóveis (COFECI), os dados atuais do mercado mostram que as mulheres representam quase metade dos profissionais atuantes como corretores de imóveis no Brasil, sendo 48% do total. Porém, um dos principais dilemas enfrentados pela mulher moderna é encontrar um horário ideal de trabalho que concilie com os afazeres domésticos.

Não é de hoje que o empoderamento feminino é pautado e que as mulheres buscam por igualdade em diversas áreas de atuação, mostrando seu poder de quebrar barreiras ao se interessar por assuntos e conquistar espaços antes taxados como masculinos. Porém, muitas vezes, motivos corriqueiros da vida de uma mulher, como a simples mudança de cidade, ou o casamento, doença, criação de filhos, entre outros, acabam por configura-la como sendo uma “dona de casa”.

O conceito de dona de casa se transformou devido à alteração do papel da mulher na sociedade. Se antes, aquela pessoa que dedicava exclusivamente aos cuidados da casa e da família, em atividades como limpar e organizar o lar, cozinhar, fazer compras, cuidar e educar os filhos, cuidar das roupas da família e se dedicar ao esposo configurava-se a verdadeira dona de casa, hoje, com o aumento da participação feminina no mercado de trabalho, essas características mudam.

Fato é que, desenvolver tais atividades não significa abandonar os sonhos profissionais e pessoais. A nova rotina da mulher exige que ela trabalhe fora e ainda continue a cuidar da casa e da família. Mas lidar com a dupla jornada de forma bem-sucedida não é tarefa fácil. Mesmo no mundo moderno, ainda são poucas as oportunidades de mercado que fogem do padrão de horário comercial e oferecem a proposta de mobilidade e equilíbrio entre vida pessoal e trabalho. Pensando nisso, o franqueado Gustavo Sathler, responsável pela unidade imobiliária RE/MAX Domum, situada em Nova Lima/MG – no condomínio Aphaville Lagoa dos Ingleses, se atentou para a necessidade de readaptação das condições de trabalho das corretoras diante da rotina apertada e a busca constante por qualidade de vida, e desenvolveu na franquia vagas para atuação no mercado imobiliário voltadas ao recrutamento de mulheres que têm interesse de voltar ao mercado de trabalho, sem precisar abrir mão de suas prioridades pessoais.

Para Gustavo, a ideia de apostar nesse perfil, com formato mais flexível, proporciona benefícios às mulheres que ultrapassam a agenda e carga horária de trabalho. Para ele, a organização e gestão de carreira cria na profissional o costume de exercitar a mente empreendedora, resultando positivamente tanto à corretora, quando à empresa. “Aqui na RE/MAX nós trabalhamos com o sistema ganha-ganha. Quanto mais o corretor associado se dedica, mais ele vai conseguir bons resultados e mais ele vai ganhar, porque esses frutos são colhidos unicamente por ele. Então eu acredito que dar a essas pessoas a autonomia de gestão de sua própria carreira, é uma parte importantíssima do processo de formação de um bom profissional, pois faz com que eles se conscientizem e foquem mais no trabalho”, explica o franqueado da RE/MAX Domum.

O empresário explica que a liberdade de horários proposta pelo projeto configura-se como consequência numa maior satisfação da corretora com o seu ambiente de trabalho, resultando diretamente na produtividade da profissional, já que as mesmas estarão abertas para lidar com os outros afazeres da vida. “Quando a corretora entende que tem a livre programação do seu tempo para resolver questões em sua casa e em sua vida pessoal, ela começa a associar o trabalho como um lugar mais agradável para ficar. O que significa que quando estão na empresa a mente com certeza estará livre e pronta para focar, sem precisar se preocupar com mais nada além do trabalho”, ressalta Gustavo.

Segundo o franqueado, a iniciativa de recrutamento específica à figura feminina se dá pela percepção que o empresário e o mercado tem tido de valorização das características únicas que as mulheres têm, e que comprovadamente contribuem para o êxito na profissão. “Essa opinião não é só minha, muitas empresas do ramo imobiliário já perceberam o diferencial da mulher para negócios imobiliários. Não é à toa que elas estão cada vez mais em destaque no setor. Em minha unidade, por exemplo, 55% da equipe de corretores são formadas por mulheres”, ponderou Gustavo.

Com uma sensibilidade mais aguçada, e maior facilidade de comunicação, algumas características fortes das mulheres são muito bem vistas pelo mercado imobiliário, e chamam atenção dos empresários responsáveis pelo recrutamento. “As mulheres têm uma série de características que interessam aos negócios. A tendência de serem naturalmente mais detalhistas, por exemplo, é de grande ajuda na hora de mostrar um imóvel a um cliente, destacando-se ao mostrar os diferenciais de uma casa, ou até mesmo para oferecer sugestões de reformas ou de decoração. Além disso, elas, sem dúvidas, são mais sensíveis e abertas para escutar e entender as necessidades do comprador. Sem contar o carisma da comunicação que presamos muito, já que somos uma marca reconhecida pela qualidade do atendimento”, finalizou o empresário.

Daniele Teixeira, é exemplo de mulher dona de casa e hoje corretora associada da unidade RE/MAX Estrelas – no Castelo, região da Pampulha. A admiração pelo trabalho da profissional foi motivacional ao desenvolvimento do projeto que visa oportunar a corretoras com vantagens específicas. O franqueado Gustavo Sathler garante que o grande diferencial das “donas de casa” no mercado imobiliário vem por sua vasta vivência no ambiente domiciliar, o que as deixam com um olhar clínico mais aguçado para a avaliação e observação de detalhes da estrutura, segurança e praticidade de um imóvel.

O time crescente de associados que formam as 13 unidades mineiras da Master Franchising, conta atualmente com 48% das mulheres entre os 120 profissionais que se dividem em diferentes funções na regional mineira da maior franquia imobiliária do mundo. Em análise dos 5 anos de atuação da RE/MAX em Minas Gerais, o número está em crescente constante, e Gustavo Sathler, idealizador da iniciativa, estima que até 2018 essa valorização e crescimento da participação feminina no mercado imobiliário mineiro alcance um índice ainda maior, chegando a ultrapassar os homens no segmento.

Conheça a RE/MAX

A RE/MAX é a maior marca de franquias imobiliárias em número de transações do mundo, com mais de 7 mil unidades e mais de 113 mil Corretores Associados ao redor do globo. A companhia abriu o seu capital na Bolsa de Nova York (EUA) em setembro de 2012, e vivencia uma excelente fase de franca expansão.

O direcionamento da RE/MAX está presente no lema: “todos ganham”, uma máxima que tem permitido a sua liderança, conquista e reconhecimento do mercado. Com esse conceito, a RE/MAX revolucionou o mercado imobiliário. Este sistema permite recrutar e reter os melhores profissionais do mercado, ter equipes motivadas e produtivas, diminuir a rotatividade dos corretores e prestar o melhor serviço aos clientes.

Mais informações: www.remax.com.br