Dia 1º de maio de 1994 caiu num domingo. Foi nessa data que a F1 organizou o GP de San Marino, em Ímola, na Itália, terceira etapa do campeonato. Desde então, portanto há 22 anos, nunca mais uma corrida de F1 coincidiu de ser disputada dia 1º de maio. Para o fã da F1, ou mesmo aqueles que se sensibilizam com uma mensagem mais elevada, o 1º de maio representa sempre um momento para reflexão, por vezes confundido com saudade. Foi nesse dia que Ayrton Senna sofreu o acidente fatal na curva Tamburello, na segunda volta da relargada, depois da saída do safety car, na sexta volta da prova, às 14h17.

No dia que marca 22 anos da morte de Ayrton Senna, ex-atletas falaram sobre o ex-piloto, morto em 1º de maio de 1994. Fernando Meligeni, Giba e Magic Paula foram os entrevistados do projeto Esporte (ponto final). Na conversa, o trio falou sobre a representatividade de Senna para o esporte nacional.

“Ele era uma pessoa que sempre dava esperança, mesmo para nós que éramos do esporte. Dava uma esperança de que no final sempre tudo ia dar certo”, explica Giba, com a voz embargada, logo depois de lembrar da morte do piloto. “Foi um momento de perplexidade”.

Tricampeão mundial de Fórmula 1, Ayrton Senna morreu durante o Grande Prêmio de San Marino, em Ímola. O brasileiro perdeu o controle de sua Williams e bateu na curva Tamburello.

Durante os 10 anos de carreira, uma imagem de Senna a cada vitória se transformou em uma marca: a bandeira do Brasil tremulando na mão. “(O que me lembra ele) é a cena do cockpit com a bandeira fora”, afirma Meligeni. “É a procura da bandeira, o falar do país, a maneira de se posicionar. E uma outra coisa: não falar o que você faz. As pessoas falam por você”.

“Ele marcou muito não só pelas conquistas, mas pelo seu comportamento, atitude”, completa Magic Paula.

Todos os vídeos aqui publicados fazem parte do Esporte (ponto final), um canal que conta as histórias mais marcantes do esporte na visão de seus protagonistas, os próprios atletas. Saiba mais nos endereços: www.youtube.com/esportepontofinal ewww.facebook.com/esportepontofinal.