Por Elberty Valadares do Por Dentro de Minas

O Galo ganhou do Inter, e também ganhou do gramado danificado após show do Axé Brasil realizado no último final de semana e voltou a vencer dentro de casa. Após ser convocado para a Seleção e em grande fase, até perdeu uma oportunidade, mas, na segunda chance que teve, fuzilou o goleiro Dida e deu a vitória para o Atlético-MG, com um gol marcado aos 36 minutos do segundo tempo.

O Atlético-MG volta a jogar na quarta-feira quando enfrenta o Palmeiras pela Copa do Brasil no Pacaembu em São Paulo, já o Inter receber o Bahia pela Sulamericana. O Galo está com 26 pontos, e volta entrar no campo pelo Brasileirão, no domingo (31) às 16h, já o Colorado tem 31 pontos visita o Palmeiras no sábado (30).

A torcida do lotou o Independência, com mais de 19 mil pessoas, após o presidente Alexandre Kalil, e Tardelli convocar massa.

O jogo

Jogo de muita marcação e bons lances, começas com boa chaces de gols para Atlético-MG que chegou primeiro após pressão. Atlético-MG começou o jogo com mais chances de gol, mais o goleiro do time gaúcho não deixa passar.

Internacional em chegadas ao campo de ataque, tem mais perigo, em uma delas Fabrício cruza e Leonardo Silva quase manda para próprio gol, como fez no último jogo dele.

Em primeiro tempo de poucas chances reais de gols e com Inter com mais cartões amarelo e chaces de gol e time mineiro com mais posse de bola.

Segundo tempo começa com o São Victor voltando a fazer milagre, apareceu depois de Wellington Silva, fazer jogada e servir a Rafael Moura o centravante chuta e o goleiro do Atlético-MG faz grande defesa.

Ainda teve lances de Tardelli que venceu a corrida e chutou para fora quando Diga, goleiro do Inter saiu do gol.

E Rafael Moura perdeu um gol inacreditável, pronto praticamente, após passa por Victor o gol livre mandou na trave.

Atlético-MG bate Inter após vacilo de Dida (Foto: Divulgação/Atlético-MG)
Atlético-MG bate Inter após vacilo de Dida (Foto: Divulgação/Atlético-MG)

ATLÉTICO 1X0 INTERNACIONAL

ATLÉTICO
Victor; Alex Silva, Leonardo Silva, Jemerson e Pedro Botelho; Josué, Rafael Carioca (Jô, aos 30 do 2ºT), Dátolo e Maicosuel (Luan, aos 13 do 2ºT); Diego Tardelli e André (Marion, aos 22 do 2ºT)
Técnico: Levir Culpi

INTERNACIONAL
Dida; Wellington Silva (Cláudio Winck, aos 17 do 2ºT), Ernando, Juan e Fabrício; Ygor, Wellington, Aránguiz, D’Alessandro (Alex, no intervalo) e Valdívia (Otávio, aos 28 do 2ºT); Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

Motivo: 17ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 23/08/2014, sábado
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Gol: Diego Tardelli, aos 36 do 1ºT
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Rogério Pablos Zanardo (SP)
Cartões amarelos: D’Alessandro, aos 32, Wellington Silva, aos 34 do 1ºT; Luan, aos 30, Diego Tardelli, aos 35, Dátolo, aos 45 do 2ºT
Público e renda: 19.732 pagantes e R$ 299.430,00