Primeiro jogo da semifinal, Galo e Raposa
empatam e levam a decisão para o Mineirão

Carlos_Galo_Cru

Carlos comemora com os colegas
(Foto: Gladyston Rodrigues-EM/D.A Press

Da redação

No primeiro clássico da fase semifinal do Campeonato Mineiro, disputado neste domingo (12), no Horto, Atlético e Cruzeiro colocaram todos os ingredientes necessários à uma grande partida. Com gols de Carlos para o lado alvinegro e Arrascaeta deixando tudo igual para o lado celeste, sobrou críticas duras em cima da arbitragem. Com o resultado, o time da Raposo leva a melhor, dependendo apenas de outro empate, enquanto o Galo precisa da vitória e assim avançar para a final.

 

Gols, erros e reclamações

O árbitro Raphael Claus (SP) exagerou nos cartões, sendo 10 amarelos e um vermelho, expulsando de campo o zagueiro alvinegro Leonardo Silva. Erros grotescos foram apontados pelos dois lados e no final das contas, os dois times não saíram satisfeitos com a arbitragem.

O destaque da partida mais uma vez vai para a massa atleticana que empurrou o time e fez a festa, com um público superior a 16 mil, no Estádio Independência,

Os gols saíram aos 39 minutos do primeiro tempo, dos pés do iluminado Carlos, o segundo, aos nove minutos da etapa complementar, em uma bela jogada, Arrascaeta deixou o dele.

Após o clássico, as duas equipes se prepararam para cumprir compromissos na Copa Libertadores. O Atlético segue para o México, onde enfrenta o Atlas na próxima quarta-feira e o time do Cruzeiro segue para a Argentina e enfrentará o Huracan. Na volta para casa, os times mineiros se enfrentam no segundo jogo da semifinal do Estadual, ainda com data do fim de semana a ser confirmada pela Federação Mineira de Futebol (FMF).