Caldense conseguiu arrancar o empate em Mineirão lotado

Galo_Caldense

Disputa de bola entre jogadores do Galo e Veterana
(Foto: Rodrigo Clemente – EM/D.A Press)
Da redação

 

Líder na primeira fase do Campeonato Mineiro, a Caldense não se intimidou com o Mineirão lotado de atleticanos, na tarde deste domingo (26), pela primeira partida da final do torneio.

O empate sem gols pelos dois lados, leva a decisão para o próximo domingo, 3 de maio, em Varginha, no estádio Dilzon Melo. A última partida não acontecerá em Poços de Caldas, devido a incapacidade de receber um público grande, exigência da FMF, Federação Mineira de Futebol.

 

A partida

Com um jogo bastante pegado entre as duas equipes, poucas chances de gols e muita disputa de bola  no meio-campo,

O destaque da tarde sem gols ficou por conta da torcida no Gigante da Pampulha. Record de público no Brasil na temporada 2015, mais de 53 mil atleticanos lotaram as arquibancadas e empurraram o Galo durante os 90 minutos de bola de rolando. Se faltou bola, não faltou grito.

Com propósito de reverter a vantagem da Caldense de jogar por dois empates, o time de Levir Culpi não conseguiu neutralizar a marcação adversaria e surpreender a zaga. Já a Caldense conseguiu marcar forte e desarmar as bolas atleticanas. Também conseguiu assustar a zaga alvinegra com boas chegadas na área do goleiro Victor.

O comandante atleticano não pode contar com Leonardo Silva e Marcos Rocha, ambos em recuperação de lesões, e preferiu manter Leandro Donizete no banco.

As substituições do Atlético não causaram efeito.

 

Ficha técnica: Atlético 0X0 Caldense

ATLÉTICO

Victor; Patric, Edcarlos, Jemerson e Douglas Santos; Rafael Carioca, Dátolo, Luan e Guilherme (Thiago Ribeiro, no intervalo); Carlos (Cárdenas, aos 21min do 2ºT) e Lucas Pratto

Técnico: Levir Culpi

 

CALDENSE

Rodrigo; Marcelinho, Paulão, Plínio e Rafael Estevam; Serginho, Yuri, Tiago Azulão (Ewerton Maradona, aos 33min do 2ºT) e Nadson (Tiago Ulisses, aos 39min do 2ºT); Zambi e Luiz Eduardo (Cristiano, aos 22min do 2ºT)

Técnico: Leonardo Condé

 

Cartões amarelos: Guilherme, aos 21min do 1ºT (ATL); Rodrigo, aos 25min, Plínio, aos 28min, Serginho, aos 44min do 2ºT

Público pagante: 53.772

Público presente: 54.629

Renda: R$ 2.387.910,00

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Márcio Eustáquio Santiago