O Sada Cruzeiro não teve problemas no início da caminhada nos playoffs da Superliga masculina de vôlei 2015-2016. Buscando o quarto título nacional, o atual bicampeão contou com a dupla Wallace e Leal para construir vitória sólida contra o São José Vôlei-SP, oitavo colocado da primeira fase. O líder da etapa classificatória venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/17 e 25/21, e abriu 1 a 0 na melhor de três.

O Cruzeiro foi dominante o tempo inteiro, com raros momentos de desvantagem no início das parciais. Para desequilibrar o duelo, o levantador William, melhor em quadra, contou com noite inspirada do oposto Wallace e do ponteiro Leal, que anotaram 18 e 14 pontos, respectivamente, segundo contagem de O Tempo. Do outro lado, a equipe joseense sofreu várias modificações ao longo do jogo e teve o ponteiro Diogo, quinto maior pontuador da Superliga, com 10 acertos.

O segundo duelo da melhor de três está marcado para o próximo domingo (20), às 10h30, no interior paulista. Caso seja necessário, o terceiro jogo, previsto para a terça-feira (22), será novamente em Contagem, casa dos donos da melhor campanha. Quem avançar de Sada x São José encara o melhor de Sesi-SP e Montes Claros (1 a 0 para o time paulista).

O jogo. A partida foi iniciada em ótimo nível, com intensas trocas de bola e sistemas defensivos afiados. No tempo técnico, vantagem mínima para o time azul, graças ao bloqueio de Isac. O oposto Wallace era a aposta do levantador William para desequilibrar o confronto, e ele correspondia bem. Além disso, os saques passaram a funcionar bem e o Sada construiu boa vantagem de cinco pontos em 16 a 11. Quando o bloqueio também trabalhou, o resultado foi encaminhado ainda mais tranquilamente: 25 a 18.

Após mexer no time na primeira parcial, o técnico Renato Soares resolveu retornar com Lorena na função de oposto titular para o segundo set, com Alemão no banco. Capitão do São José, Lorena se recuperou recentemente de contusão e tem entrado aos poucos na equipe. Apesar de se manter em vantagem, o Cruzeiro demorou um pouco mais a deslanchar, e o fez aproveitando os contra-ataques. Com bloqueio de Éder, chegou a 16 a 13. Aliado aos erros do São José, não houve problemas para o Sada abrir 2 a 0, com 25 a 17 e Wallace e Leal somando 12 pontos.

Com o ponteiro Hugo retornando no lugar de Polaco, o São José tentou se reerguer no segundo set, mas não apresentou forças para interromper o domínio celeste, impulsionado pelo crescimento de Leal, mais uma vez observado de perto por Rubinho, auxiliar da seleção brasileira. Com mais 12 pontos somados de Leal e Wallace, 25 a 21.

Demais séries. Apenas o duelo entre Funvic-Taubaté-SP e Minas Tênis Clube ainda não começou nas quartas de final (primeiro jogo às 19h45 desta quinta, dia 17, no interior paulista). No último domingo (13), Brasil Kirin-SP e Sesi-SP largaram em vantagem contra Bento Vôlei-Isabela-RS e Montes Claros, respectivamente. No próximo sábado (19), às 11h30, Bento e Brasil Kirin jogam no Sul e, às 14h, o MOC recebe o Sesi.