[huge_it_slider id="4"]
Paula Toller lança seu quarto disco
solo e possivelmente se apresenta em BH ainda em 2015

Paula-Toller-1
Paula Toller: “O disco Transbordada é o resultado de toda a minha

carreira até agora, é uma longa inspiração”
(Foto: Site da cantora)

*Felipe José de Jesus (JCE)
*Fotos: Divulgação cantora Paula Toller

Ela é loura alta e além de tudo,  bonita, mas o estereótipo de ‘loura burra’ passa bem longe de sua carreira. Paula Toller, 52, que ficou conhecida nos vocais do grupo Kid Abelha nos anos de 1980, vem conseguindo provar cada vez mais que seu profissionalismo pode ultrapassar barreiras. Prova disso, é que ela volta ao cenário musical depois de sete anos com seu mais novo e quarto álbum solo intitulado por Transbordada. O disco foi produzido por Liminha (produtor de grupos como Titãs, Paralamas, Capital Inicial e etc) e marca os seus 32 anos a frente do grupo Kid Abelha. Além ter sido gravado no formato de CD, o disco deverá chegar às lojas de todo Brasil em vinil. A cantora se apresenta em Belo Horizonte no meio do ano.

Em entrevista, Paula Toller fala sobre esta nova fase da carreira e afirma que seu novo disco é mais Rock que seus CD´s lançados em 1998, 2007 e 2008. Para ela os fãs vão se surpreender com o resultado.

“Eu queria fazer um disco que fosse a minha cara, na verdade que mostrasse como a música pode ser capaz de rejuvenescer e o CD Transbordada tem isso, um pouco diferente dos meus discos anteriores. No meu primeiro disco solo que eu gravei, eu queria mesmo era mostrar a voz em um repertório de Standards. Já no disco SoNós eu construí de certa forma uma rede de amigos e parceiros que até hoje me acompanham. Já o CD Nosso foi um show ao vivo, na verdade o primeiro que estive a frente. Todos estes discos tem algo que eu nunca havia feito, só que o CD Transbordada é o resultado de toda a minha carreira até agora e estou mais próxima de mim mesma artisticamente”, relata.

2015-780064641-paula_toller.jpg_20150103

 Capa do quarto disco de Paula Toller – (Foto: Divulgação)

 

Perguntada sobre a possibilidade de gravar um disco no formato de vinil em tempos de MP3 e downloads grátis, Paula,  afirma que o ‘bolachão’ é algo para ser admirado, por isso vale à pena ser gravado. “O álbum foi lançado em primeiro lugar no formado digital que é rápido e claro, abrangente. Já o CD tem um som melhor e não posso deixar de falar sobre o vinil, formato ao qual eu mais convivi com os discos do Kid Abelha. Ele em minha opinião é para ser admirado, é um produto de luxo em minha opinião. Sobre a divulgação por downloads digitais, eu gosto de música, da arte de fazer as pessoas felizes com sinceridade, vigor e alegria, ou seja, contando minha história para todos”, completa.

Participações e destaques >>

Para a concepção do álbum Transbordada,  Paula comenta que alguns parceiros foram essenciais. “No disco trago o músico Helio Flanders, vocalista do Vanguart. Ele participa da música Será Que eu Vou Me Arrepender. Ele, de certa forma representa a nova geração no disco, pois é um artista que tem uma voz reconhecível no primeiro segundo, isso é precioso. É o sangue novo no disco. Além dele tive o grande prazer de convidar o João Barone, baterista do Paralamas do Sucesso, que é um amigo antigo. Nós temos cumplicidade, de certa forma vivemos coisas parecidas e é muito bom ter ele registrado em meu disco na música Ohayou”, revela. Participam do disco também, Arnaldo Antunes e Bebi Borja.

Entre as canções que recheiam o disco, Toller comenta que três são bem marcantes incluindo a faixa titulo, Transborda. “A faixa-título surgiu depois que vi de um avião, as matas da região serrana fluminense com as marcas das fortes chuvas de janeiro de 2011, que deixou muitos mortos. De certa forma, inspiração vem de qualquer lugar, isso é fato a gente não controla. Eu fico atenta a tudo que acontece, e escrevo quando acho que tenho algo interessante a dizer”, diz. Além das duas faixas, Toller destaca  a canção Já Chegou a Hora, que é uma das músicas que retratam o universo feminino. “Fico muito satisfeita quando um homem e uma mulher se entendem. Acho que podemos conseguir isso hoje em dia, depois de tanta batalha”, filosofa.

Kid Abelha e turnê >>

Perguntada sobre quais são os planos para 2015, a cantora afirma que a turnê de Transbordada está a todo o vapor e passará por diversas cidades, incluindo Fortaleza, Passo Fundo, Rio de Janeiro, Vitória, Natal e outras ainda neste ano. “A turnê que começou praticamente depois do Carnaval não tem data para acabar. Vamos passar por diversas cidades ainda neste ano. Já com o grupo Kid Abelha, por enquanto o que posso dizer é que não temos planos ainda. O grupo está de férias, dando apenas uma respirada”, conclui. Outras informações sobre agenda, músicas, discografia, fotos e shows de Paula Toller pelo: www.paulatoller.com.