[huge_it_slider id="4"]

Em rápida cerimônia na Câmara Municipal de Belo Horizonte, o deputado federal Laudívio Carvalho (ex-PMDB) oficializou nesta segunda sua filiação ao Solidariedade. A intenção do novo partido é lançar o deputado na disputa à Prefeitura de Belo Horizonte. Laudívio, por sua vez, ainda não confirma a pré-candidatura. “É muito cedo para tratar dessa questão. Temos que construir ainda um caminho, discutir muito. O momento de definir não é esse ainda”, justificou ele, reconhecendo o interesse do partido e o que chamou de “desejo do povo”, que “sente nas ruas”.

Presente no evento, o deputado federal Paulinho da Força (SD-SP), presidente nacional do Solidariedade, confirmou a intenção de lançar a candidatura do colega. “Ele só não será candidato a prefeito de Belo Horizonte se não quiser”, afirmou Paulinho, diante de vários sindicalistas que encheram o plenário da Câmara. “Se depender de nós está tudo certo. Acho que ele pode unir as forças da cidade que estão meio soltas, pode ser a solução”, destacou.

Segundo Paulinho, Laudívio é um dos deputados “mais importantes” e uma conquista para o partido, com apenas dois anos e meio de existência. “Não é fácil no primeiro mandato as pessoas se saírem bem, e ele tem sido relator dos principais projetos; é uma pessoa influente na Casa”.

O parlamentar mineiro afirmou que sua filiação ao Solidariedade é o momento mais importante de sua vida política. “Eu já não estava satisfeito com os rumos do PMDB em nível nacional e nem estadual, e por essa razão vim para o Solidariedade. Desde o princípio defendia que o PMDB saísse da base do governo. Não dá para andar ao lado de um governo que todo dia sofre uma denúncia nova e é taxado de corrupto e ladrão”.

Com planos de transformar o novo partido “em um dos maiores de Minas”, Laudívio não economizou elogios aos colegas. “O Solidariedade pode ser o partido que fará a modificação política em nosso país. Daí minha escolha exatamente pela linha de combate à corrupção”.