Um homem morreu e uma mulher ficou ferida após uma confusão dentro do Hotel Caesar Business, no Bairro Belvedere, Região Sul de Belo Horizonte, na tarde deste sábado. Conforme informações iniciais, a mulher foi atingida por um suposto fã da apresentadora Ana Hickmann, que está hospedada no hotel para participar de um evento na capital mineira.

O alvo seria a apresentadora, mas os disparos acertaram a cunhada e assessora dela. Alexandre Corrêa, marido de Hickmann, teria reagido, tomado a arma do atirador e o matado em seguida. Posteriormente, foi divulgado que o empresário da apresentadora é que teria reagido e matado o fã.

A mulher atingida foi socorrida para o Hospital Biocor em situação grave. A apresentadora não sofreu ferimentos.

O hotel Caesar Business divulgou uma nota sobre o ocorrido. O texto confirma que a apresentadora seria a vítima do suposto fã. “A rede Caesear Business confirma que a apresentadora Ana Hickmann foi vítima de um suposto fã na tarde desse sábado, 21 de maio, na unidade Belvedere, em Belo Horizonte. A apresentadora passa bem. O hotel lamenta ter sido local do ocorrido e afirma que está contribuindo para as investigações junto ás autoridades”.

Depois de versões desencontradas, a Polícia Militar seu posicionou oficialmente sobre o tiroteio envolvendo a apresentadora Ana Hickmann, na tarde deste sábado, no hotel Caesar Business, no Bairro Belvedere, Região Sul de Belo Horizonte.

A PM confirma que um fã foi pivô da confusão. Ele foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, e também estava hospedado no hotel. Foi ele que rendeu Gustavo Correa, cunhado de Hickmann, e o obrigou a levá-lo à suíte onde estava a apresentadora. No espaço, ele teria efetuado os disparos que acertaram Giovana Oliveira, esposa de Gustavo. Em seguida, Gustavo entrou em luta corporal com Rodrigo, conseguiu desarma-lo e o matou com três tiros. Conforme a PM, o alvo de Rodrigo era mesmo a apresentadora.

Após o tiroteio, Gustavo foi até a recepção do hotel, comunicou o ocorrido à gerência e pediu para que a PM foi acionada. Giovana Alves de Oliveira foi socorrida e está internada em estado grave no hospital Biocoor.