Belo Horizonte confirmou quase 4.000 novos casos de dengue na última semana. Conforme o balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta sexta-feira (29), os casos confirmados da doença chegaram a 44.176 em 2016. O número de mortos subiu para 16 em Belo Horizonte.

O levantamento aponta, ainda, que há 60.506 notificações de pacientes com a doença que esperam por resultados dos exames. Foram investigados e descartados 10.532 registros de pessoas que apresentaram sintomas parecidos com os da doença em Belo Horizonte.

A regional que registra maior número de pacientes infectados é o Barreiro, com 10.072 casos. A Secretaria Municipal de Saúde prevê a realização de mutirões de limpeza para a próxima semana em vários pontos da capital. Em 2016, foram feitos 116 mutirões, com vistoria em 239 mil imóveis.

 Situação preocupante

Em balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira, Belo Horizonte aparece com 79,7 mil casos notificados, o que coloca a capital mineira como a cidade com a maior taxa de incidência da doença entre os municípios brasileiros com mais de 1 milhão de habitantes.

O órgão nacional já considera Minas Gerais como o Estado mais preocupante, entre os 12 Estados e o Distrito Federal.

O balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, também nesta sexta, mais atualizado, aponta que houve 104.682 registros de dengue na capital.

Zika

O número de casos de  Zika na  capital mineira também preocupa, já que em 2016, até o momento, foram confirmados 32 registros.

Além deles, a Secretaria Municipal de Saúde investiga 995 casos que foram notificados. O órgão também lembrou que 47 os casos de pacientes que apresentaram sintomas parecidos com o da doença já foram descartados.

Microcefalia associada a zika vírus

Em 2016, foram notificados 37 casos de microcefalia para investigar a associação com o zika vírus em recém-nascidos, em Belo Horizonte. Desses, 22 casos são de residentes da capital, sendo que cinco foram descartados por critério laboratorial. Os outros 15 casos são em residentes de outros municípios.