CulturaGeral

Para agitar 2015: Lulu Santos lança CD com parcerias e diz: ‘Sou individualista por natureza’

3 Min leitura
‘Tributo à ideia do álbum’, trabalho tem Mr. Catra e Memê, dentre outros.
Disco tem canção ‘autobiográfica’ e citação a redes sociais: ‘Eu te twi-to tu’.
 Capa do disco 'Luiz Maurício' mostra Lulu ao lado da mãe em 1958 (Foto: Divulgação)
Capa do disco ‘Luiz Maurício’ mostra Lulu ao lado
da mãe em 1958 (Foto: Divulgação)

 

*Cauê Muraro – Do G1, em São Paulo

 

Lulu Santos tinha cinco anos de idade e ainda era Luiz Maurício quando posou para a foto de seu novo disco, o 25º da carreira. Mas por que justamente aquela imagem? “Boa pergunta, sabia? Se eu soubesse responder… É um pouco uma charada, sou eu e minha mãe clicados pelo meu pai, na frente da Casa Branca, em 1958. Esclarece muito de mim e da minha atitude pessoal em relação a muita coisa”, explica ao G1 por telefone.

Na capa, o título “Luiz Maurício” aparece com exclamação e dentro de balão de história em quadrinho. Lulu desmente que a mãe estivesse pensando em dar uma bronca – como costumam fazer as mães ao gritar o nome inteiro dos filhos. “Tem um pouco isso, mas é mais telepático.”

Ele fala que o CD ficou “semipronto” em 2012. “Mas faltava alguma coisa, era a visão do outro”, afirma. Diz que, por isso, resolveu chamar parceiros como o DJ Memê, com quem trabalha há 20 anos, e o produtor Sany Pitbull. O funkeiro Mr. Catra também aparece, na música “Michê (chega de longe bis)”. Canta os versos “Soprando de sua boca palavras obscenas/ Fazendo-se de louca, altamente controlada/ Seu cheiro ‘seu’ libido que invade minha cama/ Fazendo-me bem mal, roubei como escrava”.

Lulu Santos comenta Luiz Maurício (Foto: Leo Aversa/Divulgação)

“O artista é um pouco ensimesmado, fica tocando o violão solitário para si. Eu sou individualista por natureza, admiti isso para mim mesmo”, avalia Lulu. “É uma forma de ser, mas ao mesmo tempo chega uma hora em que fica desgastante ser solitário.”

“Luiz Maurício” tem 12 faixas, uma delas a homônima – ela aparece duas vezes: na versão original e na versão remixada por Memê. Lulu brinca que tudo começou com essa música, especialmente “quando Maurício rimou com solstício”. Ele se refere à seguinte passagem: “Eu me chamo Luiz Maurício, mais conhecido como Lulu/ Porque o coração trabalha como uma bússola/ E errar o rumo também faz parte/ Equinócio e solstício”.

A canção pode ter jeito de autobiográfica, mas o cantor diz que não é exatamente assim. Os versos de abertura são estes: “Eu não entendo de política/ Não tive educação/ O que não quer dizer que vá confundir fato com boato/ Já vivi de aparência/ Transitei na ilusão/ Mas agora ando bem melhor/ E muito menos drama”.

Lulu Santos comenta a capa de Luiz Maurício (Foto: Leo Aversa/Divulgação)

Aos 61 anos, Lulu concorda que o “muito menos drama” se aplica. Para justificar, usa um recurso que parece habitual: cita trechos de suas próprias músicas na hora se resumir um raciocínio. Desta vez, escolhe “Assim caminha a humanidade” (aquela que serviu de trilha de abertura de “Malhação” durante muitos anos: “Ainda vai levar um tempo/ Pra fechar o que feriu por dentro…”).

Lulu conta que o disco é “um tributo à ideia do álbum, em oposição ao conceito de faixa isolada”. Basicamente, quer segurar a atenção do ouvinte ao propor uma sequência de músicas ordenadas segundo algum sentido prévio. “É como passar uma hora lendo um livro, uma imersão.”  Além dos shows de “Luiz Maurício”, Lulu tem se dedicado ao programa “The Voice Brasil”. É um dos jurados do reality show da TV Globo, ao lado de Daniel, Cláudia Leitte e Carlinhos Brown. Acha que o trabalho tem trazido um público mais jovem.

Lulu Santos comenta Luiz Maurício (Foto: Leo Aversa/Divulgação)

Uma das músicas do disco, inclusive, parece um aceno a essa juventude. Chama “SDV (Segue de volta?)”. Ele canta: “Eu te twi-to tu/ Me tweet também/ Eu me twi-to tu/ Se tweet também/ Eu esperei você postar/ A sua decisão/ Se o meu perfil no ‘safelook’/ Vale uma canção”. Lulu diz que não pensou deliberadamente uma coisa do tipo “vou escrever algo com vocabulário de redes sociais”. “Eu me relaciono como esse universo, até porque também estou na Matrix”, conclui.

ASSISTA AO CLIPE: LUIZ MAURÍCIO

Relacionados
BrasilCultura

Marcos Catarina se apresenta no Cine Theatro Brasil Vallourec nesta sexta-feira

2 Min leitura
Show que marca o lançamento do single “Um Trem Chamado Desejo” terá músicas autorais, canções que marcaram sua trajetória e releituras da…
BrasilCidadesCulturaEsportesGeralNotícias

BH Stock Festival apoia o SOS Lagoa da Pampulha para recuperar o cartão postal da capital mineira

4 Min leitura
Ação conjunta visa revitalizar a Lagoa da Pampulha, destacando a importância da preservação ambiental e o impacto positivo para a comunidade local…
BrasilCulturaGeralNotícias

Com Gustavo Tubarão, PLRS Experience reúne alunos do ensino médio na estrutura do Pedro Leopoldo Rodeio Show

3 Min leitura
Iniciativa acontece no dia 13 de junho, com palestras e painéis que tem como objetivo mostrar as múltiplas possibilidades de atuação profissional…
Power your team with InHype
[mc4wp_form id="17"]

Add some text to explain benefits of subscripton on your services.